Gloria Perez cai no choro em trailer de documentário sobre assassinato de Daniella

'Pacto Brutal', série documental sobre o assassinato chocante da atriz, estreia dia 21 de julho, na HBO Max

Publicado em 05/07/2022 12:44
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Pacto Brutal: O Assassinato de Daniella Perez, série documental da HBO Max, teve seu primeiro trailer divulgado nesta terça-feira (5). Com estreia para o dia 21 de julho, o projeto que terá cinco episódios teve suas primeiras cenas divulgadas, marcadas sob forte emoção e revelações inéditas do crime que chocou o Brasil em 1992.

Nas primeiras imagens, Gloria Perez, autora de Travessia, próxima novela das nove da Globo, surgiu visivelmente emocionada em um dos depoimentos que concedeu sobre a morte brutal da filha de 22 anos, cometida pelo ex-ator Guilherme de Pádua, e a então esposa, Paula Thomaz.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Eu sempre quis contar essa história da forma como ela aconteceu. Em 1992, eu estava fazendo minha primeira novela solo, às 21h, tinha voltado para a Globo. A Dani estava bem na carreira. A vida parecia uma estrada linda, aberta. A gente só via coisas boas no horizonte. Mas, de repente, tudo isso explodiu. Foi sugado. A verdade é uma só, as versões são muitas”, afirmou Gloria Perez, que cai no choro nas imagens.

O documentário sobre o crime contra Daniella Perez ainda reúne outros nomes como Gloria Maria, Claudia Raia, Fábio Assunção, Maurício Mattar, Cristiana Oliveira e Eri Johnson. Além deles, Raul Gazolla, viúvo da atriz, também participou.

“Mataram minha mulher. São 30 anos do assassinato da Dani e eu ainda não consigo entender”, disse Raul, aos prantos. “Em mais de 40 anos de jornalismo, foi uma das coisas mais chocantes e monstruosas que eu vi na minha vida”, afirmou Gloria.

Relembre o caso

Daniella Perez foi cruelmente assassinada em 28 de dezembro de 1992, num crime que chocou o Brasil até hoje. Três dias antes do Réveillon, a atriz foi morta pelo próprio parceiro de trabalho, o ex-ator Guilherme de Pádua, com quem contracenava em De Corpo e Alma (1992), e a então esposa dele, Paula Thomaz.

VEJA MAIS: Justiça ordena indenização à Gloria Perez pelo assassinato da filha, Daniella

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio