Jô Soares revela que o primeiro porre foi aos 9 anos: “Vomitei a noite toda”

Publicado há 2 anos
Por Karla Sthéfany Lima
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Jô Soares abriu seu coração e revelou detalhes de sua vida íntima, em entrevista ao programa do Porchat. Ele disse, nesta última quinta-feira (29), que seu primeiro porre foi aos 9 anos.

O famoso relembrou que tudo foi por causa de duas taças de champanhe: “O porre da minha vida foi quando tinha 9 anos. Meu pai ia me levar pra casa, a escola me deixou no Jockey Club. Fiquei no bar esperando papai, quando ele chegou, falei: ‘quero experimentar champanhe’. Ele disse ‘ah, é?’ e me deu duas taças”, contou. “Fiquei num porre, vomitei a noite toda. Daí em diante nunca tive atração. Tomo uísque, vodca, mas não para ficar bêbado”, disse Jô.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Veja também: Jô Soares sofre acidente doméstico e leva 13 pontos no pé, afirma jornalista

O humorista contou ainda que chegou a ter 400 contatinhos na época de solteiro: “Fui casado com a Sylvia, de repente fiquei dois anos avulso, aí saía cada dia com uma pessoa e não tinha como lembrar dos nomes. Então, na minha agenda, estava tudo na letra M de ‘moças’. De repente 400 nomes ali, uns 300“, disse ele.

Ele também lembrou de um momento emocionante da carreira, quando teve um bate-papo com Silvio Santos, em seu último programa no SBT: “Silvio foi gentilíssimo e fez um programa de despedida em minha homenagem. E com o microfone aberto, disse: ‘saudades. Quando quiser, você volta, mas acho que não terá problema’. Falei: ‘porque você também não volta [pra Globo]?’. E tudo isso foi para o ar“.

Leia mais: Jô Soares dá as caras em jantar com Fábio Porchat: em boa companhia

Morte

Ele ainda brincou ao falar da idade. “Acho que vou envelhecer um dia. Estou com 80 anos e não consigo me sentir mais velho, só mais doído. Interfere no fôlego, faço remo e bicicleta sempre“. E ainda fez uma declaração inusitada sobre a morte. “Não tenho medo. Gosto muito de ter morte súbita, que aí acabou, tchau”.

Jô Soares (Foto: Reprodução/R7)
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio