Jorge Aragão recorda problemas de saúde: “Senti medo de morrer”

Sambista celebrou o retorno aos palcos após dois anos

Publicado em 06/12/2021 14:22
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Jorge Aragão, de 72 anos de idade, recordou os problemas de saúde que vem enfrentando desde 2020. O sambista foi diagnosticado com covid-19, precisou passar por um cateterismo e recentemente ficou internado no Hospital Beneficência Portuguesa, em São Paulo após passar mal em casa.

Após dois anos longe dos palcos, o sambista participou do Feirão Sai de Baixo, na baixada fluminense e contou sobre os aprendizados da vida.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“O aprendizado que essa pandemia trouxe é indescritível. Estar junto com os meus iguais nunca foi tão fundamental. A pior coisa que aconteceu na minha vida foi a solidão, e de não poder falar com ninguém”, disse ele.

“Senti medo de morrer”

“Eu já imaginava pela idade, diabético, cardiopata, que tinha o perfil ideal que o vírus estava atacando. Fui para o hospital achando que não ia sair. Eu ia embora direto! Senti medo de morrer. Você pode estar indo embora e aí você quer se despedir de um neto, de uma filha, isso é horrível, essa solidão! Mas só Deus sabe da vida da gente”, refletiu ele.

Jorge Aragão. (Foto: Reprodução/Instagram)

Comemoração

Depois de alguns dias internado, Jorge Aragão recebeu alta médica no dia 12 de Novembro e celebrou a sua recuperação após uma bateria de exames.

Através de um comunicado, ele comemorou a liberação médica. “Continuo on. Estou me sentindo um gato, velho, mas um gato e já pronto para a batalha, o mais rápido possível”, disse ele na época.

“[…] Fica aqui a minha reverência e gratidão aos profissionais da saúde e a todos vocês pelas mensagens positivas”, agradeceu ele.

VEJA TAMBÉM: Irmão de Marília Mendonça faz desabafo sobre a morte da irmã: “Saudade vai ficar para sempre”

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio