Jornalista da Globo conta o horror que presenciou nos ataques de 11 de Setembro

Edney Silvestre conta em detalhes da cobertura ao vivo do atentado

Publicado em 11/09/2021 14:14
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Edney Silvestre, jornalista, em entrevista ao site Uol, comentou a respeito dos atentados de 11 de Setembro, que marcou o mundo e neste sábado (11) completa 20 anos.

“Ninguém esquece o horror, mesmo sem saber a extensão dele. O que eu tinha certeza é que nenhum voo era permitido sobre a ilha de Manhattan, nem de aviões pequenos de treino. Fiquei perplexo. Sabia que não podia ter sido um acidente. Mas… terrorismo? Era difícil de acreditar”, confessou.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O jornalista se lembra dos detalhes da confusão toda: “Quando subi as escadas do metrô, lá pelo fim da noite, depois de todas as reportagens terem ido ao ar, saí na Sétima Avenida e, ao fundo, não havia mais a visão que tive naqueles dez anos morando ali: as torres tinham sumido. Só havia fumaça no lugar delas”, comentou.

Edney Silvestre faz inúmeras matérias especiais no “Globo Repórter” de comportamento a viagens especiais. 

LEIA MAIS: Felipe Neto se cansa de Whindersson Nunes após treta e comenta: “Supere”

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio