Juliana Paes desabafa sobre maternidade: “Bate uma culpa”

Atriz participou do 'Pod Delas' no YouTube

Publicado em 06/05/2022 15:43
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Juliana Paes, um dos destaques da primeira fase de Pantanal, na TV Globo, foi a convidada do ‘Pod Delas’, no YouTube e abriu o jogo sobre a maternidade. A atriz confessou ter um arrependimento por não ter ‘curtido’ todos os momentos.

“Bate uma culpa”

“Bate uma culpa porque eu não vivi a maternidade com o Antônio do jeito que vivi com o Pedro. Amamentei até os sete meses, mas era difícil. Eu mandava leite, fazia delivery no Projac. Na época que ainda podia levar filho, mandava arrumar um bercinho pra ele. Ele ficava ali, mas sem o conforto de casa”, contou.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

E continuou: “Tem um culpinha ali, mas tinha um desejo profissional muito grande. Toda mulher que é apaixonada pelo trabalho, mas seu melhor papel é ser mãe, a gente vive essa emoção, esse choro no banheiro, essa angústia“, desabafou.

Juliana Paes confessou que guarda um arrependimento em seu coração. “Sempre me deu muito conforto ver outras mães sentindo a mesma coisa que eu. A mensagem, no fim das contas, é ‘faz o que você tem que fazer’. Não é sobre quantidade de tempo, é qualidade. Quando der para estar, esteja inteira. A culpa é trabalhar, o arrependimento é uma sensação pior”, disse.

Juliana Paes. (Foto: Reprodução/YouTube)

“Mulher mais sexy do mundo”

Na mesma entrevista, Juliana Paes comentou sobre os títulos que já recebeu de ‘mulher mais sexy do mundo’. A atriz falou sobre o medo que sentia por ser vista apenas pela beleza e não pelo talento na dramaturgia.

Eu não posso mais concorrer porque já ganhei três vezes (risos). Quando chega pra você, já chega ‘Você foi eleita a mais sexy do mundo. Vamos fazer um ensaio?’. Claro que eu vou fazer um ensaio! Vou rejeitar esse presente? Mas a vida da mulher não é fácil nesse lugar”, disse ela.

E continuou: “Eu ficava às vezes com medo da objetificação, mas isso é um regalo da vida, não se recusa. Foi uma votação popular. Como eu digo ‘não’? Tinha um medinho por trás de ‘será que vou ficar sempre nessa prateleira? Mas dentro de mim sempre tive a coisa de acreditar no que eu podia ser como atriz. Acho que fui a pessoa que mais acreditou em mim”, disse.

VEJA TAMBÉM: Fernanda Paes Leme relata perrengue com assalto durante viagem do irmão

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio