Karina Bacchi se arrepende de ter posado nua para ‘Playboy’: “nojo, coisa demoníaca”

A apresentadora se tornou evangélica e se arrepende de posar nua

Publicado em 27/01/2022 13:36
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Karina Bacchi mudou de vida após se converter, decidiu abandonar a carreira de atriz e mostrou arrependimento pelas coisas que fez no passado. A apresentadora afirmou ter nojo do ensaio que fez para a Playboy, no ano de 2006, do qual estampou a capa da edição de natal.

A influenciadora, que é evangélica e prega o que segue em suas redes sociais, admitiu o arrependimento em uma entrevista ao canal do Youtube da Suzane Alves, a ex-Tiazinha. O arrependimento maior é por ter sido a edição de natal, que é uma época que celebra o nascimento de Cristo.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Veja mais: Chega ao fim o casamento de Yasmin Brunet e Gabriel Medina

“Nojo, coisa demoníaca”

Tenho tanto nojo da minha Playboy. O mal trabalhou de um jeito ali, olha que sem noção, que ridículo, gente, eu tenho nojo, nojo, nojo!. Ainda mais que foi especial de Natal, nascimento de Jesus. Que absurdo! Com chapeuzinho de Mamãe Noel, que coisa demoníaca, gente. Eu tenho nojo, raiva desse momento!”, declarou.

Karina também deixou de atuar, por achar que beijar outros homens, sem ser seu marido, mesmo que em cena, é traição. Na sequência, explicou que não se martiriza tanto com sua capa na Playboy, pois na época não tinha o entendimento que tem hoje e que achava que estava fazendo certo.

“Olha, hoje eu dou risada, porque eu não enxergava, eu achava que estava fazendo tudo certo, que estava dando um presente de Natal para as pessoas. E o presente para Jesus.. que coisa horrorosa. Juro, eu tenho nojo daquilo, nojo! Não olho com culpa, eu não tinha entendimento, mas olha como mal, ele trabalha na mente…. Eu achei que eu estava arrasando, arrasando com Jesus, que coisa horrorosa!”, finalizou.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio