Linn da Quebrada conta que foi expulsa de igreja por policiais

Cantora disse que sofreu repressão policial ao gravar clipe em igreja

Publicado em 08/06/2022 14:30
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Linn da Quebrada relatou os momentos de tensão que vivenciou durante as gravações do clipe de Oração, canção lançada em 2019, que conta com a participação de diversas travestis. De acordo com a cantora, ela foi expulsa por policiais, enquanto realizava as filmagens do vídeo em uma igreja abandonada.

O assunto surgiu após a famosa receber Naiara Azevedo e Jessilane Alves, sua colegas de confinamento do BBB22, em sua casa, em São Paulo. Enquanto assistiam ao clipe juntas, Linn da Quebrada contou que chorou muito quando sofreu a repressão policial.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Eu estava chorando, amiga. O policial foi lá pra expulsar a gente! É sério, amiga! Eles expulsaram a gente. Tivemos que gravar tudo isso em uma hora. Eu fui expulsa, amiga”, explicou a artista. “Que trágico, hein. Achei que era emoção da música”, comentou Naiara.

Linn explica que só foi expulsa do local por conta do preconceito dos policiais. “Fui expulsa porque era um monte de travesti. A gente foi lá e fez uma limpeza. Era uma igreja abandonada. Eles [policiais] falaram: ‘Vocês só podem ficar aqui por uma hora’.”, explicou.

Por fim, a famosa contou que depois de um tempo, os policiais foram embora: “O carro da polícia foi embora, então a gente venceu. O deboche é nossa arma”, finalizou ela, que incluiu a cena dos policiais no local em seu clipe.

Confira o clipe de Linn da Quebrada na íntegra:

VEJA MAIS: Linn da Quebrada relembra sua última conversa com o pai

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio