Ludmilla detona Bolsonaro por veto a distribuição de absorventes

"É todo dia um 7x1 nesse governo", lamentou a funkeira, no Twitter

Publicado em 07/10/2021 19:43
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Ludmilla usou as redes sociais nesta quinta-feira (7) e criticou o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), pelo veto do político pela distribuição gratuita de absorventes a mulheres com baixa renda.

Através do Twitter, a filha de Silvana Oliveira rasgou o verbo e lamentou a decisão do político de direita. “É todo dia um 7×1 nesse governo. Tantas outras coisas pra eles se preocuparem, mas não, só querem f**** mais ainda a galera que já é sofrida e vulnerável”, iniciou ela.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Imagina uma mulher não poder ir pra escola porque tá menstruada e não tem absorvente? Mas o leite condensado tá lá na mesa dele né”, disparou Ludmilla, citando a polêmica dos gastos em milhões de Bolsonaro com leite condensado.

Além de Ludmilla, Cátia Fonseca, apresentadora do Melhor da Tarde, não escondeu a revolta e detonou a decisão do principal líder político do país, durante a edição ao vivo do programa, na Band.

Entenda o caso

A decisão do presidente Jair Bolsonaro foi publicada no Diário Oficial da União de hoje. Ele vetou a distribuição de absorventes para pessoas de baixa renda, de acordo com o Projeto de Lei 4968, de 2019, aprovado pela Câmara dos Deputados e Senado Federal. O projeto de lei foi desenvolvido pela deputada federal Marília Arraes (PT-PE) e relatoria no Senado de Zenaide Maia (PROS-RN), no qual buscava beneficiar 5,6 milhões de pessoas que menstruam.

VEJA MAIS: Ludmilla critica ‘fake news’ e revela que não votou em Bolsonaro

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio