Ludmilla se pronuncia após ser derrotada por Val Marchiori na Justiça

A funkeira havia entrado com o processo contra a empresária pelo polêmico episódio no Carnaval de 2016

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Ludmilla foi derrotada por Val Marchiori após ter entrado com uma ação judicial de racismo movida contra a socialite, tendo R$ 30 mil de indenização, visto que, no Carnaval de 2016, a loira comparou a peruca usada pela funkeira com uma esponja de aço.

Em decisão pela Justiça, o juiz responsável tratou o caso como “liberdade de expressão” e declarou a vitória da ricaça na ação. A cantora, em entrevista concedida ao jornalista Gabriel Perline, do portal Notícias da TV, se pronunciou.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Não vou desistir e nem é só por mim. Eu tenho visibilidade, tenho provas e ainda assim tô passando por isso. Imagina quem é anônimo? Não posso e não podemos desistir”, disse Ludmilla.

VEJA MAIS: BBB21: Juliette sensualiza de biquíni cavado durante saída da piscina

Em nota, publicada pelo portal Em Off, do jornalista Erlan Bastos, o juiz da a 14ª Câmara Cível, do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, classificou as falas de Val Marchiori feitas contra Ludmilla não sendo possíveis de “se extrair dos fatos supracitados qualquer intenção de desqualificar ou ofender a autora em decorrência de sua cor de pele”, e por fim, tratado como “liberdade de expressão”.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio