Luísa Sonza fala sobre depressão e terapia: “Vou uma vez por semana”

Publicado há um ano
Por Karla Sthéfany Lima
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A cantora Luísa Sonza deu uma entrevista ao jornal Extra, e falou sobre a fase que descobriu sua depressão. Nas últimas semanas, ela e o marido Whindersson Nunes comoveram os fãs, com o diagnóstico de depressão do comediante.

“Como convivi com pessoas que já passaram por isso, logo notei e falei para a minha família toda. Eu estava num lugar e comecei a chorar, e isso já estava acontecendo há umas duas semanas. Do nada, tive um estalo: ‘Tô com depressão’”, desabafou.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Mas era o início. E comecei a ir para a terapia duas vezes por semana. Isso tem um ano e meio. Acho que o segredo da vida é fazer terapia. Hoje, vou uma vez por semana”, falou ela, que chegou a interromper sua agenda de shows para cuidar do esposo. Inclusive, ela também falou sobre como lida com a doença do amado. “Sempre tento não deixar a Luísa artista passar por cima da Luísa ser humano. E é isso que eu e Whindersson vivemos. Somos eu e ele dentro de casa; na rua, somos outra coisa. E o meu papel na questão da depressão dele é estar ao lado, entender, incentivar e dar amor. Às vezes, você não pode fazer muita coisa”, falou.

“Venho cuidando dele há mais de um ano. O que as pessoas estão sabendo agora, eu já vivo há muito tempo. Ele começava a fazer terapia e parava, mas chega uma hora em que a pessoa se dá conta e entende o que está acontecendo”, finalizou a famosa, que lançou o clipe ‘Garupa’, com Pabllo Vittar.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio