Luisa Sonza fala sobre masturbação feminina em música

Publicado há um ano
Por Beatriz Rodrigues
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Luísa Sonza fez revelações sobre o seu novo trabalho, o álbum ‘Padora’, no ‘Faixa a Faixa’ do Deezer. A cantora polemizou ao revelar o significado da música ‘Saudade da Gente’ e ainda declarou que de ‘santa não tem nada’.

Sobre a canção polêmica, Luisa revelou que é a música mais sensual do álbum: “Na verdade é uma música sobre masturbação. Ela tá pensando no cara, tá longe, só que o corpo dela quer mais. Por isso ela é uma música muito sensual, a mais sensual do álbum”.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Teve uma coisa que eu me arrependi de não ter colocado em Pior Que Possa Imaginar que tem aquela parte ‘de santa não tenho nada’ que depois eu pensei ‘na verdade não é santa’. Devia ter falado ‘de sonsa não tenho nada’. E eu me arrependi. Tem algumas coisas que me arrependi de não ter colocado nessa álbum, mas pretendo por no outro. E eu acharia muito legal ter feito isso, só que eu esqueci, sei lá, na hora de compor. E eu sempre falo: ‘nossa, deveria ter colocado essa palavra em vez de santa’, mas a santa também diz muito sobre a minha época de covers, do que a galera achava que eu tinha que ser”, disse ainda.

Por fim, Luisa Sonza, falou sobre a música que fez para sua mãe e avó, intitulada ‘Eliane’: “O álbum quase se chamou Eliane, faria muito sentido. Porque tudo, desde Boa Menina até Apenas Eu a raiz é a minha mãe e a minha avó. Então quase foi chamado de Eliane, mas virou Pandora porque tinha algo a mais aí depois da Luisa criança”.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio