Luísa Sonza revela que teve pânico após ser ameaçada de morte

Cantora contou uma experiência de vida pessoal ao citar o BBB21

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Luísa Sonza comentou a saída de Lucas Penteado do BBB21, falando sobre as pressões e julgamentos que o ator sofreu dentro do confinamento. A cantora aproveitou a oportunidade para falar sobre sobre uma experiência pessoal.

Apesar de Luísa afirmar que não está acompanhando o programa, a cantora disse que já sofreu ataque de pânico após ser ameaçada de morte, relacionando a vivência do brother com a realidade que muitos já possam ter enfrentado.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

LEIA MAIS: Ana Maria Braga surge com nova cor de cabelo e fãs elogiam

“Eu não vi tudo ainda [sobre a saída de Lucas do BBB21], eu não acompanhei, porque estou gravando um álbum, mas assim…O pouco que já vi, você já vê que isso é total reflexo da sociedade. Tudo que acontece ali é o que a gente vive. É a forma de como o julgamento é de fora…a forma como as pessoas julgam, que acham que conhece. A forma como as pessoas decidem sobre a forma da vida do outro ou não, sabe?”, disse Sonza, nos stories.

A artista também falou sobre a postura de muitas pessoas como os brothers que estão no reality, dizendo que, muitas vezes, agem da mesma forma que trataram Lucas.

CONFIRA TAMBÉM: Luísa Sonza dá ‘sentada’ em Vitão e fica de topless em ensaio ousado

“Essa falta de cuidado. Eu vejo que a sociedade inteira está doente. Muitos dos que estão aqui na internet falando: ‘nossa, que absurdo o que está acontecendo’, essas mesmas pessoas fazem [bullying] com as outras pessoas aqui fora, só que pela internet. Primeiro, vamos olhar para si. A gente tem que parar, rever tudo isso. A nossa geração que é nova tem que rever o que está fazendo. A gente tem vontade de mudar o mundo, mas tem que mudar com amor. Não adianta mudar no ódio. Se a gente fizer isso, a gente vai só estragar mais”, declarou Luisa.

“A gente não tem que concordar com tudo o que todo mundo diz e achar tudo maravilhoso. Não. Discorde, mas discorde com cuidado. Não discorde matando. Gente! Eu recebo ameaça de morte direto. Já tive ataque de pânico… Então assim… Discorde, mas não precisa odiar tudo e querer matar. A gente não vai mudar o mundo e nem melhorar as pessoas assim”, desabafou a cantora.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio