Mãe de Paulo Gustavo, Dea Amaral, deixa hospital em forte esquema de segurança

Mãe e irmã do humorista deixaram o local nesta terça-feira (04)

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Dea Amaral, mãe de Paulo Gustavo, e a irmã dele saíram no início da noite de terça-feira (04) do Hospital Copa Star, em Copacabana, no Rio de Janeiro, pela saída alternativa do local.

Em um novo boletim médico, ficou muito claro que o estado do ator é irreversível, mesmo ele ainda estando vivo. Paulo se internou no dia 13 de março.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Após a constatação da embolia gasosa disseminada ocorrida no último domingo, em decorrência de fístula brônquio-venosa, o estado de saúde do paciente vem se deteriorando de forma importante. Apesar da irreversibilidade do quadro, o paciente ainda se encontra com sinais vitais presentes”, diz o boletim médico.

Paulo Gustavo estava fazendo um tratamento com o aparelho ECMO, um pulmão artificial para auxiliar no tratamento da covid-19, tratamento avançado, mas o resultado não saiu como esperado.

Irmã de Paulo Gustavo. Foto: AgNews/ Marcelo Sá barretto e Rogério Fidalgo
Mãe de Paulo Gustavo. Foto: AgNews/ Marcelo Sá barretto e Rogério Fidalgo

LEIA MAIS: “Irreversível”, diz boletim médico sobre o real estado de saúde de Paulo Gustavo

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio