Mara Maravilha (Foto: Reprodução/Instagram)

Mara Maravilha usou suas redes sociais neste domingo (28), Dia do Orgulho LGBTQIA+, para repudiar a homofobia e todas as práticas discriminatórias.

Em um post, a estrela destacou a Lei Estadual 10.948/2001, de São Paulo, que pune administrativamente a discriminação por orientação sexual ou identidade de gênero.

LEIA TAMBÉM: Noivo de Mara Maravilha é chamado de gay, perde a paciência e dispara: “Eu sou hétero”


“Que fique claro e de coração… Eu apoio! Apoie também essa Lei e amar ao próximo como a si mesmo! Eu repudio veementemente a homofobia e quaisquer práticas discriminatórias!”, disse a apresentadora, surpreendendo os fãs nas redes sociais. Muitos parabenizaram a estrela.

“A Lei Estadual 10.948/2001 é pioneira no Estado de São Paulo, que é um Estado diverso, plural e livre, e veio para selar um compromisso nacional e internacional de combate ao preconceito contra a população homossexual, bissexual ou transgênero.
É um dever de todos combater o preconceito, é um dever de todos combater a homofobia!”
, concluiu a apresentadora.