Marcella Fogaça, esposa de Joaquim Lopes, fala sobre sua carreira após a maternidade

Os dois são pais de Pietra e Sofia

Publicado em 6/8/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Marcella Fogaça, esposa de Joaquim Lopes, usou seu perfil no Instagram na madrugada desta sexta-feira(06) para conversar com seus fãs e seguidores e comentou sobre as mudanças que vem passando, após dar a luz as gêmeas Pietra e Sofia.

A artista publicou um vídeo onde aparece cantando a música “Evidências”, da dupla Chitãozinho & Xororó. Na legenda, ela relatou sobre a rotina de antes e que não voltará a ser a mesma.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Passei os últimos 15 minutos bombeando aqui o leitinho e vendo vídeos de shows meus. Eu sei que sempre falo da saudade que eu tô, mas hoje doeu, tipo na boca do estômago.Fico olhando essa Marcella aí e sei que sou eu, mas ao mesmo tempo parece uma irmã amada que tá morando longe”, iniciou ela.

E continuou: “Acho que é normal… eu sei que nada será como antes e GRAÇAS A DEUS por isso, mas também preciso me dar o direito de sei lá, às vezes achar estranho não caber direito mais em mim… A maternidade nos tira a todo instante de nós mesmas, pra nos devolver sempre mais forte de alguma forma. Eu me seguro nessa força, eu amo todas as transformações… eu só tô com saudade mesmo, de Marcella que dormem aqui dentro. Vai ser bonito ver como e quando elas vão acordar”, disse.

Momento tenso com uma das filhas

Marcella Fogaça, recentemente publicou em seu perfil no Instagram, um momento de pânico que ela e o ator Joaquim Lopes, pai das crianças passaram. Uma das filhas gêmeas do casal, ainda bebê, se engasgou. 

“Hoje eu, mãe de primeira viagem, achei que fosse sair fora do corpo de tanta dor. Sophia engasgou feio. Não conseguia respirar direito, foi ficando vermelha, meio arroxeada. Eu peguei ela no meu colo, tentei o pouco que sabia, não resolvia, eu gelei. Meus 24 anos de meditação, todos os cursos de autoconhecimento, tudo isso foi pra Nárnia. Eu chorava feito a criança na minha frente”, relatou.

“Foi Joaquim, que pegou ela no colo, colocou a boca no nariz dela e sugou tudo pra fora. Ele a segurou firme, tomou a decisão de irmos pro hospital (sim, fui de pantufa) de qualquer maneira, pra ver se tava realmente tudo bem, me guiou no meio do meu torpor. E Sophia está ótima, perfeita, dormindo aqui comigo. Amor de pai também dói. Muito! Eu vi nos olhos dele, a força pra controlar essa dor e resolver a situação. Que bom que esse amor dói em lugares diferentes porque assim um cobre o outro. Que bom que somos complementares. Eu te amo mais do que nunca Joca. Isso aqui em casa viu gente? O importante é encontrar esse equilíbrio na família”, disse ela.

VEJA TAMBÉM: Mariana Uhlmann fala sobre rotina dos 3 filhos sem ajuda de babá

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio