Marcelo Serrado sobre síndrome do pânico: “Estou medicado até hoje”

Ator conversou com o jornal O Globo neste domingo(03)

Publicado em 03/07/2022 17:53
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Marcelo Serrado, um dos protagonistas de Cara e Coragem, exibida na faixa das 19h da TV Globo, conversou com o Jornal O Globo neste domingo(03) e contou que ainda lida com as consequências da síndrome do pânico.

O ator contou que ainda toma medicamentos para a doença e que falar sobre ansiedade nas redes, o ajudou.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Estou medicado até hoje. Eu sentia a mão formigando e o coração disparado. Estava num hotel fazer trabalho, o Eduardo Galvão tinha morrido e três dias depois tive isso. Era um cara da minha idade, aquilo detonou algo em mim. Sucumbi e falei: ‘Vou morrer’”, contou.

E continuou: “Comecei a bater papo com centenas de pessoas que passam por isso. Aquilo começou a me curar um pouco. Me senti próximo de pessoas que pensam diferente de mim, mas que vivem a mesma coisa e se identificam”, finalizou.

(Foto: Reprodução/ TVGlobo)

VEJA TAMBÉM: Glenda Kozlowski minimiza fala racista de Nelson Piquet e é detonada na web

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio