Mário Frias será processado após cometer racismo contra historiador

Jones Manoel anuncia que acionará a Justiça contra o Secretário de Cultura

Publicado em 15/7/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Jones Manoel entrará com processo na Justiça contra Mário Frias, Secretário de Cultura do governo Bolsonaro, após ter sido alvo de fala racista do apresentador, que sugeriu um “banho” ao professor e historiador.

Em entrevista ao jornalista Guilherme Lucio da Rocha, do Splash, ele afirmou que acionará medidas judiciais contra o secretário após o episódio. “Tenho uma reunião ainda hoje com advogados do partido que integro, o PCB [Partido Comunista Brasileiro] para traçar uma estratégia judicial. Prestaremos queixa e entraremos com um processo contra o secretário”, disse.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em meio à polêmica com Mário Frias, Jones Manoel concedeu agradecimentos pelas mensagens de solidariedade recebidas de personalidades da mídia como Bruno Gagliasso.

“Fico muito grato. É importante mostrar que o racismo não pode ser aceito. E isso não só por mim, mas toda e qualquer expressão de racismo, misoginia e qualquer tipo de repressão de minorias devem ser rechaçadas”, disse o historiador.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio