Médico de Maurílio revela que o sertanejo tinha medo de morrer de trombose

Profissional de saúde descreve últimos momentos com o cantor, que morreu nesta quarta (29)

Publicado em 30/12/2021 10:55
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Wandervan Azevedo, o médico que estava nos cuidados sobre o cantor Maurílio, da dupla com Luiza, revelou que o músico de 28 anos, que morreu nesta quarta-feira (29) após ter passado mal durante a gravação de um DVD em Goiânia, sempre teve medo de ter uma trombose.

Em entrevista para a rádio CBN, o profissional revelou que o artista possuía esse receio em virtude do histórico familiar e por conta de um acidente no passado. “Infelizmente não conseguimos salvá-lo. O Maurílio, há 8 anos, teve um acidente de moto grave, ficou acamado por um bom tempo. Isso no Maranhão ainda”, disse ele.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Depois disso ele sempre veio acompanhando esse problema. O medo dele era de ter tido uma trombose porque ficou acamado por muito tempo. A mãe também tinha passado por três tromboses e ele sempre falava comigo: ‘doutor, eu morro de medo de ter uma trombose’”, contou o médico de Maurílio.

Maurílio foi diagnosticado com tromboembolia pulmonar logo após ter sido internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), em Goiânia. No entanto, a causa de sua morte havia sido um choque séptico, uma infecção generalizada que causa falência múltipla dos órgãos.

VEJA MAIS: Transtornada, Luiza se recolhe após morte de Maurílio: “O luto é necessário”

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio