Miss Bumbum Bahia, Vivi Lima sofre discriminação nas redes sociais por ser bissexual

Miss Bumbum representante da Bahia, Vivi Lima fala sobre o preconceito nas redes sociais por ter assumido ser bissexual.

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A modelo Vivi Lima, 28 anos, mostrou que está cada dia melhor em um ensaio produzido na praia. A beldade abusou da sensualidade e posou até de topless. Nos bastidores, abriu o jogo sobre ser vista como uma sex symbol depois de entrar no Miss Bumbum Brasil e assumiu que é bissexual.

Vivi Lima com a namorada (Davi Borges / Edu Graboski / Divulgação)

“Sem tabu, vivo com outra mulher, sou feliz e realizada, dou de ombros para qualquer tipo de preconceito. Tenho um relacionamento mais liberal, me relaciono com homens também, tenho uma vida cheia de liberdade. Nada me amarra ou me coloca pra baixo, nem mesmo os olhares de julgamento às vezes. Já fui rotulada, mas isso não me abala mais”, conta a modelo.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Vivi Lima (Davi Borges / Edu Graboski / Divulgação)
Vivi Lima (Davi Borges / Edu Graboski / Divulgação)

Mas como nem tudo são flores, Vivi revela que sofreu discriminação quando passou a mostrar sua intimidade com mulheres, principalmente nas redes sociais. Também lidou com preconceito por ser nordestina. “Me vejo muito na Juliette do BBB, estamos aprendendo muito sobre discriminação na TV. Já passei por situações parecidas com a dela. É legal a gente falar para conscientizar cada vez mais e não permitir que haja esse tipo de coisa”.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio