Mônica Martelli revela preocupação com Paulo Gustavo: “Medo de perder um amigo”

A atriz revela momentos de fé, momentos de medo, com tratamento do amigo

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Mônica Martelli, atriz, aproveitou seu espaço no programa ‘Saia Justa’, no GNT, ontem (08), para comentar sobre os momentos intranquilos que tem passado com o amigo Paulo Gustavo, intubado com Covid-19 desde março.

“Estou sentindo muito medo de perder um amigo que é meu irmão. A minha irmã, que vocês conhecem, é a melhor amiga do Paulo Gustavo hoje, ela é diretora dele, ela é médica, ela tem relação multifacetada com Paulo Gustavo porque ela exerce muitas funções. E por ela ser médica e estar ali o tempo inteiro, ela sabe de todo o leque de complicações. E ao mesmo tempo ela passa otimismo para a gente. Eu pergunto: ‘como você consegue ter essa força?’ E ela fala: ‘Mônica, eu vou me manter forte até o Paulo Gustavo sair pela porta daquele hospital, depois eu desabo”, comentou Mônica.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em outro trecho, a atriz admite que sua fé o tempo todo é testada e nem sempre com sucesso. “Tem dia que eu estou mais tranquila, mas estou convivendo com esse medo constante que está me exaurindo. Mas a fé, ela é inabalável, hoje a gente fez uma oração e eu acredito muito. Mas mesmo com esse otimismo todo tem uma hora que a gente não consegue”, desabafou.

A atriz tem motivo para se preocupar. Paulo Gustavo está intubado e usando o aparelho ECMO (Oxigenação por Membrana Extracorpórea), que deixa os pulmões verdadeiros do ator descansando e passa a usar pulmões artificiais para ajudar no tratamento.

LEIA MAIS: Cauã Reymond é alvo de críticas com coroa que supostamente lembra Jesus Cristo: “desnecessário”

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio