Morre aos 96 anos, o sambista Nelson Sargento, vítima da Covid-19

Sambista era presidente de honra da Estação Primeira de Mangueira

Publicado em 27/5/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Morreu na manhã desta quinta-feira (27), Nelson Sargento, aos 96 anos, vítima da Covid-19. O sambista era presidente de honra da Estação Primeira de Mangueira e autor de grandes sucessos como ‘Agoniza, mas não morre’.

Nelson foi diagnosticado com o vírus na última sexta-feira (21) e foi internado logo em seguida. O sambista também teve um câncer de próstata anos atrás, de acordo com informações do G1.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O comunicado da morte de Nelson foi feito através das redes sociais do sambista. “Comunicamos com pesar e tristeza o falecimento do mestre, baluarte e presidente de honra da Mangueira, querido Nelson Sargento.”, diz a publicação.

“A família e a equipe de Nelson comunicam, com pesar tristeza, o falecimento do mestre, baluarte e Presidente de honra da Mangueira, Nelson Sargento ocorrido hoje, às 10h45, no hospital do Inca – Unidade Cruz Vermelha, no Rio de Janeiro, por complicações da Covid 19.”, acrescentou a nota.

VEJA MAIS: Kevin Clark, ex-ator mirim de ‘Escola de Rock’, morre atropelado aos 32 anos

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio