Musa dos anos 80, Lídia Brondi ainda desperta curiosidade e saudade do público

A atriz agora é Dra. Lídia Rezende em seu consultório de psicologia

Publicado em 5/8/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Lídia Brondi, atriz, apareceu pela última vez na novela ‘Meu Bem, Meu Mal’, de 1990, do autor Cassiano Gabus Mendes. Na época, o seu corte ‘joãozinho’ fez sucesso em grandes salões de beleza. Depois a atriz sumiu da mídia. Mas, em 2021, ainda continua despertando curiosidades e saudades do público.

No Dia dos Namorados, neste ano, o ator Cassiano Gabus Mendes – marido da atriz desde 1990 e par romântico dela em ‘Vale Tudo’, 1988- resolveu prestar uma homenagem para a ex-atriz.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Oi gente!!! ‘Cada qual sabe amar a seu modo;o modo, pouco importa ;o essencial é que saiba amar’. Machado de Assis. Feliz dia dos namorados! Te amo!!!”, colocou ele na legenda do post. A enxurrada de elogios que a publicação recebeu dá para perceber como a atriz ainda é querida por diferentes gerações.

“Lídia Brondi, grandes interpretações em nossa memória afetiva”; “Como amamos você, Lídia Brondi”; “Lindos! Saudades de você Lídia Brondi”; “Lídia Brondi, sou muito fã”; “Olha Lídia. Saudades. Deus abençoe vocês lindos”; “Dois atores apaixonantes! Fã! Felicidade ao casal!”; “Foi esse casal que me apaixonei desde minha adolescência. Feliz dia pra vocês!”, comentários elogiosos no post para a atriz na época.

PRESENÇA NA GLOBOPLAY

Várias novelas que Lídia atuou nos anos 80 e 90 estão disponibilizadas na Globoplay. Tem ‘Vale Tudo’ (1988), ‘Roque Santeiro’ (1985), ‘Tieta’ (1989)e ‘Meu Bem, Meu Mal’ (1990) por enquanto.

DESABAFO DO MARIDO

Em 2017, Cássio Gabus Mendes no quadro ‘Ding Dong’, do extinto ‘Domingão do Faustão’, comentou a ausência de Lídia nas novelas.

“A vida conspira em determinados momentos e não é por acaso. Não foi nada determinante, não houve uma razão muito clara. É muito mais o momento da vida que te leva. Foi uma coragem muito grande, sem dúvida nenhuma”, comentou na época.

VIDA REAL

Atualmente Lídia Brondi é psicóloga. Se formou em 2002 e tem o seu próprio consultório. A Dra. Lídia Rezende adotou o apelido paterno e vive longe dos holofotes, mas não da memória do público.

LEIA MAIS: Juliette anuncia carreira musical e lança primeiro EP

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio