Noiva, Pocah desabafa sobre ataques por ser bissexual

Cantora e ex-BBB diz ter descoberto orientação sexual durante a adolescência

Publicado em 23/09/2021 19:31
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Nesta quinta-feira (23), no Dia da Visibilidade Bissexual, Pocah abriu o coração sobre o processo de descoberta da sexualidade e refletiu aos ataques de bifobia já sofridos até pela própria comunidade LGBTQIA+.

A ex-BBB e cantora, que está noiva do empresário Ronan Souza, contou que o entendimento sobre a orientação sexual surgiu durante a adolescência. “Por volta dos meus 14 anos, me chamou a atenção eu sentir mais atração por meninas do que por meninos. E no meu ciclo de amizade, as amigas sempre ficavam com garotos e eu ficava ali, né, de vela, sobrando, e não queria ficar com ninguém”, disse, em entrevista à jornalista Bárbara Correa, do jornal Estadão.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

+ Confira os famosos que já brocharam na hora do sexo

Pocah relatou que as questões familiares envolvendo religião e o medo de julgamentos a oprimiram de certa forma. “Ainda tinha a questão da minha família, que é evangélica, e também da minha fé. Isso me dava um certo medo de dividir o que eu estava sentindo e eles não entenderem. Nessa época eu simplesmente guardei o que estava sentindo e adiei essa vivência”, recordou.

A funkeira carioca lamentou ainda que os casos de preconceito também sejam existentes até hoje dentro da própria comunidade em torno da bissexualidade. “Já questionaram a minha sexualidade diversas vezes. Principalmente quando fui a público revelar que eu era bissexual. Eu lia coisas do tipo ‘agora todo mundo é bi’, ‘bi que só namora homem’”, desabafou ela, que refletiu: “Que bom que hoje me entendo, me aceito, tenho outra cabeça e sei que a vida é de cada um”, pontuou.

VEJA MAIS: Pocah surpreende e revela quantas vezes fez sexo com Ronan em 24h

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio