Pai de Maria, do BBB22, revela briga familiar: “acho ela ingrata”

O gari afirmou que perdeu a esperança de ser procurado pela filha

Publicado em 11/05/2022 10:58
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

As brigas familiares de Maria, do BBB22, foram expostas na web e dessa vez, foi Carlos Câmara, pai da ex-sister, que expôs mais um capítulo dessa história. O gari revelou que não conversa com a filha e a chamou de ingrata.

A irmã de Maria já havia afirmado que, não conversava com ela, mas nesta semana, decidiram fazer as pazes. Gabriela Andrade publicou um vídeo do reencontro com a irmã e do momento que decidiram pela reconciliação após meses.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Antes do pai, Alba Michele, a mãe da ex-sister também já havia exposto o conflito familiar e revelou que, quando a filha foi expulsa do reality show, não a procurou. “Ela se esconde, fica quietinha, daqui a pouco ela sai. É a Vitória sendo Vitória. Mãe tem paciência e amor incondicional para esperar, né?”, disse, na ocasião.

Veja mais: Confira os procedimentos estéticos feitos por alguns ex-participantes após o fim do BBB22

“Acho ela ingrata”

Em busca de explicações sobre o afastamento da filha, Carlos criou uma teoria e acredita que, Maria não queria sujar o seu nome e por isso preferiu cortar ligações. “Quando meu nome saiu ‘pai da Maria’, ‘pai maneiro’, ela ficou assustada. As próprias pessoas que trabalhavam com ela, falavam ‘ele tá fazendo sucesso, hein?’. Então, ela ficou com medo de eu fazer alguma besteira e queimar o nome dela”, declarou, em entrevista à Fábia Oliveira, do Em Off.

Carlos que trabalha em uma sauna gay e também como gari, irá respeitar o afastamento da filha, mas não escondeu que se sente chateado por não falar mais com Maria: “Não sei o que passa na cabeça dela, só sei que tô fora, tô muito chateado, mas faz mas faz parte. Se ela acha melhor assim, vou respeitar“.

Para finalizar, o gari afirmou que perdeu as esperanças de ser procurado pela filha e que está sendo tratado como um fã chato apenas. “Não. Já perdi as esperanças. Acho ela ingrata”, disse, sobre ser procurado e encerrou: “Eu sempre fechei com ela, sempre fui um bom pai pra ela, independente de qualquer coisa. De repente, ela me trata como se eu fosse um fã chato dela. Espero que ela mude, porque assim ela não vai chegar em lugar nenhum. Família é importante pra caramba”.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio