Patrícia Abravanel revela choro ao substituir pai no ‘Programa Silvio Santos’ e afirma: “Ele vai voltar”

Apresentadora disse que chorou quando recebeu a missão de assumir a atração dominical

Publicado em 30/12/2021 19:00
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Nos últimos meses, Patrícia Abravanel foi a responsável por apresentar o ‘Programa Silvio Santos’, no SBT. Apesar de estar há anos trabalhando na emissora, a famosa revela que foi desafiador substituir seu pai no programa. Durante bate-papo com Carlos Alberto de Nóbrega no ‘A Praça É Nossa’ que irá ao ar nesta quinta-feira (30), a apresentadora contou que chorou quando recebeu a missão de assumir a atração dominical.

“Eu vou te falar que no começo… No primeiro dia, eu chorava de soluçar porque eu não queria, eu queria ver o Silvio Santos no domingo. Não quero ver a Patrícia, eu quero ver o Silvio Santos. Então eu sofri, eu quero meu pai aqui, não fazer o programa dele, eu quero ele. E o público inteiro estava com isso: ‘não quero ver a Patrícia, eu quero ver o Silvio’”, declarou a herdeira do SBT.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Apesar da grande responsabilidade, Patrícia disse que seu pai confia muito nela para comandar o ‘Programa Silvio Santos’. “Mas na hora que viu um pedacinho dele, por ser a filha dele, eu vi que o público me acolheu. E na hora que eu vi o sorriso do meu pai, o orgulho dele e o alívio.”, disse ela.

“Ele vai voltar”, afirmou Patrícia Abravanel

Na conversa com Carlos Alberto, a apresentadora garantiu que em breve, seu pai irá voltar para o programa. “Ele vai voltar”, afirmou ela. “Ele fala: ‘ah, que bom que você está lá, que bom que deu certo’. Aí eu falei: ‘então tá bom, pai. Eu vou ficar lá, mas quando você quiser ir o programa é seu, pai’. Tem vezes que ele liga e fala: ‘eu vou, mas a Patrícia vai estar aí? Então se eu não for, ela vai estar aí, né?’”, disse ela, emocionada.

Patrícia Abravanel reconhece seus privilégios por ser filha do dono da emissora, mas destaca que isso também acaba gerando ainda mais cobranças. “Eu sei que as portas já estavam abertas para mim, muito mais fácil que qualquer outra pessoa por ser filha, mas também por ser filha, aquela cobrança e as pessoas não acreditando e eu também nem liguei e fui fazendo meu caminho”, explicou.

“Agora, estar no Programa Silvio Santos eu acho que até é mais fácil, porque substituir o insubstituível é impossível. Então eu fui lá e falei: ‘eu vou ser eu’. E assim, com leveza. Ele só tem ele, então, quando eu chegar aqui, eu tenho que fazer, então vamos fazer. Eu fui e encarei”, afirmou ela, que está comandando o programa desde que Silvio contraiu e venceu a Covid-19 em agosto deste ano.

VEJA MAIS: Patrícia Abravanel revela bronca do pai e se diz orgulhosa

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio