Paulo André abre o jogo sobre corte da ‘Bolsa Atleta’: “tem que aceitar”

O atleta teve o benefício cortado pelo Governo Federal enquanto ainda estava confinado

Publicado em 02/05/2022 13:57
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Enquanto estava confinado no BBB22, Paulo André, que é velocista e representa o Brasil no esporte, teve sua Bolsa Atleta paralisada, por não estar cumprindo com suas funções nos treinos. Ao deixar o programa, o ex-BBB falou pela primeira vez sobre o assunto.

Paulo André recebia em torno de R$ 1,800 como ajuda de custo, mas ao entrar no confinamento, teve o Benefício cortado. Em entrevista ao Domingo Espetacular, veiculada neste domingo, o atleta declarou que acha justo o corte e anunciou retorno aos treinos.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Veja mais: Arthur Aguiar sobre ser deixado de lado pelos ex-colegas de confinamento: “falta respeito”

“Tem que aceitar”

“Fiquei bem. Acho justo, né? Não sei. Fiquei sabendo de bastante coisa superficial, mas não estava em atividade, então, é isso. Tem que aceitar”, declarou, mostrando-se despreocupado com o corte.

O velocista deixou claro que não pretende abandonar sua carreira no esporte para se dedicar somente a carreira de influenciador. De acordo com Paulo André, em breve estará retornando aos seus treinos.

“É isso. Agora é voltar a trabalhar pra receber o mérito de novo”, afirmou. O benefício foi concedido ao atleta em 2019, pelo Governo Federal, após Paulo André ter conseguido medalha de prata nos Jogos Pan-Americanos.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio