Paulo Cupertino, acusado de matar ator Rafael Miguel, é preso em São Paulo

Suspeito de assassinar ator foi preso em São Paulo nesta segunda-feira (16)

Publicado em 16/05/2022 17:52
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Paulo Cupertino, acusado de matar o ator Rafael Miguel e os pais dele, em junho de 2019, foi preso em São Paulo na tarde desta segunda-feira (16). De acordo com o Ministério Público (MP), o empresário assassinou a família do artista pois não aceitava o namoro do jovem com a filha, Isabela Tibcherani.

Segundo informações do G1, o homem que estava foragido, foi encontrado na capital paulista. Após a prisão, realizada por Policiais da 6ª Seccional, ele foi encaminhado para o 98º Distrito Policial, no Jardim Miriam, Zona Sul de São Paulo. Depois de fazer exame de corpo de delito e ir para a Divisão de Capturas, no prédio do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), ele ficará à disposição da Justiça.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“A gente vai fazer uma legitimação para provar que é ele mesmo. O pessoal do 98º Distrito Policial está chegando aqui na divisão de capturas. Mas assim, é 90% de informação de policiais do 98º DP”, disse o delegado Osvaldo Nico Gonçalves, em entrevista ao Cidade Alerta, da Record TV.

Apesar da Polícia não ter dúvidas de que Paulo Cupertino seja o assassino de Rafael e dos pais do jovem, o homem continua negando o crime. Ele justifica sua fuga de três anos, como “medo de o matarem”.

Rafael Miguel ficou conhecido quando tinha 8 anos, e estrelou um comercial em que pedia brócolis para a mãe em um mercado. Anos depois, ele interpretou o Paçoca no remake da novela mirim Chiquititas, do SBT. O ator também participou de novelas como Cristal (SBT, 2006), Pé na Jaca (Globo, 2006) e Cama de Gato (Globo, 2009). Quando foi assassinado, o jovem tinha 22 anos.

VEJA MAIS: Namorada de Rafael Miguel se revolta com falsa prisão de Cupertino

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio