Rafa Kalimann rebate comparações após substituir Ana Clara Lima no ‘BBB’

Apresentadora do 'Bate-Papo BBB' reflete sobre críticas dos haters de plantão

Publicado em 25/03/2022 09:10
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Rafa Kalimann reagiu em torno das comparações constantes com Ana Clara Lima desde que assumiu o posto de apresentadora do Bate-Papo BBB. Ela, que também é ex-participante do Big Brother Brasil, afirmou que possuía consciência da proporção das opiniões por substituir a antiga titular do programa.

“Eu sabia que viriam as comparações, porque a gente estava com uma rainha ali que é a Ana Clara. Ela é genial em tudo o que faz e sou fã. Mas meu foco estava longo disso ou dos achismos negativos do público”, disse a também influenciadora digital. “Eu estava muito mais concentrada em fazer meu trabalho bem feito, até pra suprir essa confiança que a Globo teve comigo”, explicou, em entrevista para o jornalista Rafael Godinho, da revista Quem.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

+ Bianca Andrade abre o jogo sobre relação com Rafa Kalimann

No ano passado, Rafa Kalimann foi bombardeada com críticas pelo seu programa, o Casa Kalimann, no Globoplay. Para ela, as críticas do público e da mídia a fortaleceram. “Sou muito autocrítica, vejo o que poderia ter melhorado com comentários no Twitter, por exemplo. Eu me olho bastante [no vídeo]. Gosto de sentir essa evolução e respeito o processo”, avaliou.

Vivendo uma nova experiência como apresentadora, Rafa torce para conseguir chegar ao final do BBB22 com a sensação de missão cumprida, além de ter driblado as críticas. “Espero que quando acabar eu sinta orgulho do que eu fiz e tenha reconhecimento de quem me convidou para o programa; a sensação de encarei o desafio e tive coragem de fazer mesmo depois de tanto hate e tanto ataque. Por tudo que já rolou, até pela questão da ‘Casa Kalimann’, por aceitar fazer um programa ao vivo”, finalizou ela.

VEJA MAIS: Rafa Kalimann lamenta críticas após tentar explicar situação da Rússia e Ucrânia: “vão catar coquinho”

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio