Ricky Martin é alvo de comentários homofóbicos após postar foto com o marido

Cantor perdeu seguidores e foi alvo de comentários homofóbicos nas redes sociais

Publicado em 29/6/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Ricky Martin fez um desabafo em suas redes sociais na última segunda-feira (28), falando sobre os comentários homofóbicos e os seguidores que perdeu após compartilhar uma foto com seu marido, o pintor Jwan Yosef, na última semana.

“Há uma semana publiquei uma foto com meu esposo para uma edição especial da revista CAP 74024. Para ambos foi uma experiência maravilhosa e uma maneira de celebrar nosso orgulho. O que não esperava, sobretudo depois de todo o trabalho que tem sido feito durante tantos anos, é que um grande número de pessoas decidiram deixar de nos seguir ou comentar de maneira desdenhosa”, iniciou o cantor.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Na sequência, Rick destacou que não está preocupado com o número de seguidores, mas sim com a triste mensagem que há por trás disso. “Claro, não é o número de seguidores que me preocupa, é a mensagem por trás de sua decisão que me causou o mesmo sentimento que eu tinha anos atrás, antes de compartilhar publicamente sobre minha orientação sexual. Esse mesmo medo que me paralisou, me atormentou e não me deixou ser.”, lamentou.

O artista destaca que, felizmente, hoje conseguiu lidar com os modos do passado e, independente das opiniões alheias, isso lhe dá força para lutar ainda mais por um mundo mais justo e acolhedor.

“Hoje vejo as fotos e o que sinto é uma paz plena de poder festejar a minha família como ela merece, em grande estilo. Para comemorar como sou, independentemente do que digam. E esse medo de que acabei de falar não me paralisa mais, pelo contrário, me dá muito mais força e me impulsiona a continuar trabalhando pelo bem-estar de milhões de pessoas que sofrem todos os dias por falta de aceitação. O máximo que desejo nesta vida é que todos possamos nos sentir livres, orgulhosos de nós mesmos, felizes, amados, respeitados e aceitos. Que possamos nos expressar como nascemos, sem retaliação ou punição”, afirmou.

“Não é justo continuar perdendo vidas valiosas por causa do preconceito e da falta de educação. A todos aqueles que se sentem perdidos ou não valorizados por serem quem são e querem ser, eles não estão sozinhos, existe uma grande comunidade que os espera de braços abertos. Eles valem muito, por favor, não se esqueça”, concluiu Ricky Martin.

VEJA MAIS: Ricky Martin surge de cueca nos bastidores do Grammy e impressiona os fãs

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio