Separada de Medina, Yasmin Brunet diz sofrer preconceito por conta da aparência

Modelo revela processo doloroso para autoaceitação e explica

Publicado em 07/02/2022 13:04
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Yasmin Brunet, modelo, abriu o coração e abordou o processo de autoaceitação. A ex-mulher do surfista Gabriel Medina, de quem se separou no último mês de janeiro, afirmou que até hoje sofre com a famosa ‘ditaura da beleza’ imposta pela sociedade.

“Até hoje em dia eu ainda sou um pouco, não chamaria de vítima… Mas todas as mulheres ou a maioria estão presas nesta ditadura da beleza porque a gente vê isso em todo canto: quando abre o Instagram, vê uma revista, vai ao salão”, afirmou a filha de Luiza Brunet, em entrevista para as jornalistas Thaís Sant’Anna e Raquel Pinheiro, da revista Quem.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

+ Gabriel Medina vende mansão milionária que vivia com Yasmin Brunet

Na concepção de Yasmin Brunet, as pessoas andam ‘perdendo um pouco da sua individualidade’. “Não vejo nada de errado com alguém que quer modificar algo com que não está contente. Mas as pessoas não deveriam todas querer ser iguais, mas se modificarem dentro de sua própria individualidade, para não ficar todo mundo parecendo a mesma pessoa”, justificou.

Embora seja um nome conhecidíssimo nas passarelas, a loira garantiu ter superado os altos e baixos com a autoaceitação, que lhe proporcionaram problemas de saúde como distúrbio alimentar. “Com certeza já tive que lidar muito com não aceitação, minha mesma, inclusive. Lido com isso até hoje. Eu já tive distúrbio alimentar e acredito que uma vez que você passa por isso você sempre tem esse tipo de ferida dentro de você é muito difícil você estar 100% livre disso. Difícil, mas não impossível”, pontuou.

VEJA MAIS: Chuva de polêmicas: relembre o casamento conturbado de Gabriel Medina e Yasmin Brunet

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio