Tatá Werneck se irrita com internauta que citou Paulo Gustavo por aglomeração

Apresentadora debate nas redes sociais sobre o assunto e divide opiniões

Publicado em 5/25/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Tatá Werneck resolveu rasgar o verbo e rebateu alguns seguidores após ter sido questionada pela revolta da famosa com a passeata promovida pelo presidente Jair Bolsonaro neste último domingo (23), no Rio de Janeiro, em que não seguiu sequer os protocolos básicos de proteção contra a Covid-19.

“Pergunta sincera: por que os artistas só ‘se revoltam’ se a aglomeração for a favor do presidente? Por que nunca ‘se revoltam’ quando a aglomeração é contra o presidente ou quando é provocada por outros políticos/artistas? Que coisa curiosa”, escreveu um seguidor. “Porque estão comemorando um país que perdeu 430 mil vidas! Não é possível que isso não te afete”, disparou a apresentadora do Lady Night.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em outra ocasião, um seguidor citou Paulo Gustavo, grande amigo da humorista, que faleceu vítima da Covid-19 no último dia 4 de maio. “(…) Em vários lugares a maioria que morreu estava longe das aglomerações. Paulo não tava aglomerando”, disse o rapaz.

“Querido, não ouse usar o nome do Paulo pra justificar sua teoria irresponsável de que aglomeração não prejudica a pandemia. Você jura que nunca ouviu falar que é necessário distanciamento social? E aquela quantidade de pessoas sem máscara? Te explicando o mínimo”, respondeu Tatá Werneck.

VEJA MAIS: Anitta revela sonho na vida pessoal e fala de afastamento das redes sociais

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio