Tiago Abravanel relata ausência de Silvio Santos em sua vida: “nunca foi na minha festa de aniversário”

O ator falou sobre a relação distante com o avô e as tias

Publicado em 01/02/2022 08:56
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Tiago Abravanel falou pela primeira vez no confinamento do BBB22, sobre a sua relação com o avô, Silvio Santos e acabou surpreendendo os brothers e telespectadores. O ator expôs o dono do SBT dizendo que ele foi ausente em sua vida, mas aprendeu a lidar com a situação.

O ator contou que a relação com a família por parte do seu avô, quase não existe, contudo, isso não o afeta mais atualmente, como afetou no passado. “A minha relação de família com o lado da família do meu avô praticamente não existe, ao contrário do que as pessoas pensam. Eu aprendi a lidar com isso de uma maneira mais leve, mas já me machuquei muito”, desabafou.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Veja mais: BBB22: Naiara Azevedo é detonada por brothers e dispara: “Não cheguei aqui à toa”

“Nunca foi na minha festa de aniversário”

Tiago tentou aproximação com sua família, porém percebeu que não era correspondido e que descobria notícias através de portais de fofocas ao invés de um contato direto com os membros da família. Com isso, tirou a ideia de ‘família’ de margarina.

“Por mais que as pessoas idealizem, por mim, a família capa de revista não é real. Dói eu ter a notícia que um primo meu nasceu pela revista e não por uma ligação. E não foi por falta de tentativa. Sempre me coloquei a disposição”, lamentou.

Para encerrar, falou da ausência do avô durante sua vida e que Silvio foi apenas no aniversário de um ano, depois, começou a se ausentar.

Imagina eu no colégio… quando tinha festa na minha casa, os pais dos alunos ficavam esperando para ver se o Silvio Santos estava na festa ou não estava. E as pessoas não imaginam que, tirando meu aniversário de 1 ano, que tem foto dele comigo no colo, meu avô nunca foi numa festa de aniversário minha. E eu não o julgo por isso. Pelo contrário. Podem ser as circunstâncias da vida, a quantidade de trabalho, mas principalmente a falta de relação”, concluiu.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio