Tribunal nega pensão de R$ 100 mil para mãe dos filhos de Gugu

Apresentador morreu em novembro de 2019, após um acidente em sua casa nos Estados Unidos

Publicado em 25/10/2021 13:52
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O Tribunal de Justiça de São Paulo rejeitou o pedido de pensão no valor de R$ 100 mil para a mãe e filhos de Gugu Liberato, que faleceu em novembro de 2019, após sofrer um acidente em sua casa, nos Estados Unidos. As informações são do colunista Rogério Gentili, do site UOL.

Edson Luiz de Queiroz, César Peixoto e Galdino Toledo Júnior, desembargadores, tomaram a decisão em 19 de outubro, em que confirmaram a liminar e negaram o pagamento da pensão.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

LEIA MAIS: Duda Reis fala sobre tratamento psiquiátrico e uso de remédios

“Se Gugu não havia assumido qualquer encargo dessa natureza, não é possível promover esse tipo de pedido em face do espólio”, diz Toledo Júnior, relator do processo.

Na decisão, os desembargadores determinaram que o espólio deverá continuar pagando mensalmente o valor de US$ 10 mil (cerca de R$ 56,4 mil) para Rose Miriam. Esse valor, segundo informações, era repassado para a médica para que ela pudesse arcar com suas despesas e as dos filhos.

O relator diz que Gugu assinou um “Compromisso Conjunto Para Criação de Filhos”, em que o pagamento foi previsto. Rose e o espólio podem recorrer da decisão.

CONFIRA: Gui Araújo conta detalhes do romance com Duda Reis: “Não tinha muita confiança”

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio