Veja alguns famosos que já sofreram ataques de transfobia

Veja lista que reúne famosos trans que já foram alvo de algum tipo de preconceito

Publicado em 11/8/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O combate ao preconceito é algo bastante discutido em nossa sociedade. Os ataques contra pessoas da comunidade LGBTQIA+ é cada vez maior e tornou o Brasil como o país que mais assassina transexuais no mundo, por exemplo.

No mundo dos famosos, diversas celebridades já sofreram algum tipo de preconceito, ocasionando a mobilização de revolta e repercussão nas redes sociais entre os internautas.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Abaixo, o Observatório dos Famosos preparou uma lista que reúne alguns famosos que sofreram ataques de transfobia. Confira:

Luisa Marilac

Luisa Marilac (Foto: Reprodução/Instagram)

A modelo que ficou conhecida nas redes sociais pelo vídeo dos “bons drinques”, havia concedido um elogio a Nego do Borel, em uma foto onde o cantor aparecia sem camisa. Na ocasião, o funkeiro respondeu o elogio de forma preconceituosa, ao se referir a famosa no pronome masculino.

“Cada dia que passa você é mais gato, homem”, elogiou Marilac. “Você é um homem gato também. Parabéns, deve estar cheio de gatas”, respondeu Nego do Borel. A confusão rendeu diversos capítulos e proporcionou a revolta dos internautas contra o artista, que chegou a ser vaiado em shows pelo episódio polêmico.

Alice Felis

Alice Felis (Foto: Reprodução/Instagram)

Em agosto de 2020, a modelo trans foi vítima de agressões por um homem em seu apartamento localizado em Copacabana, no Rio de Janeiro. O imóvel, por sua vez, ficou completamente destruído e o criminoso desfigurou o rosto da modelo, que teve os dentes, mandíbula e nariz quebrados, além de ter sido esfaqueada.

Maria Clara Spinelli

Maria Clara Spinelli (Foto: Reprodução/ TV Globo)

A atriz, que estreou nas novelas em A Força do Querer, foi destaque na trama das nove de Glória Perez. Em entrevista ao jornalista Gabriel Perline, do portal Notícias da TV, ela lamentou a falta de oportunidades de trabalho para pessoas trans, diante do preconceito forte ainda presente.

“Meu maior sofrimento, depois de tanto tempo de luta, mais de 15 anos de carreira, é as pessoas dizerem que eu sou uma boa atriz, mas para fazer papéis de personagens transgêneros. Se me achassem realmente boa atriz me dariam a chance de fazer testes para diversos tipos de personagens. A carreira de uma atriz no Brasil é muito difícil, eu não recomendo. É uma carreira sofrida”, desabafou ela.

Ygona Moura

Ygona Moura (Foto: Reprodução/Instagram)

A jovem influenciadora ganhou fama após compartilhar vídeos engraçados sobre a comunidade LGBTQIA+. Assumida desde os 16 anos, a descoberta como transexual veio aos 20. Ela, que morreu vítima de complicações da Covid-19, foi rejeitada pela família, principalmente pela mãe, além de ser esnobada por questões raciais e físicas.

“Em casa, minha mãe diz que aceita minha opção sexual, mas já me negou até prato de comida só porque eu estava sem trabalho”, relembrou Ygona, em entrevista ao National Geographic, em dezembro de 2020. Ela morreu em janeiro deste ano.

Tarso Brant

Tarso Brant (Foto: Reprodução/Instagram)

Ator e modelo, ele ficou conhecido nas redes sociais em 2013, quando passou por uma grande mudança física. Ele emplacou passagens nas telinhas, no programa Pânico na Band, e na novela A Força do Querer, e ficou marcado por ter sido o primeiro trans a participar da sétima temporada do De Férias com o Ex, da MTV,

Durante sua participação no Pânico, Tarso foi para as ruas com Sabrina Sato, e passou pela ‘avaliação’ do povo nas ruas sobre seu gênero, e ele refletiu: “As pessoas hoje em dia preferem se reprimir a ser feliz. Eu não penso assim. Independentemente do que falem ou pensem, eu vou ser eu”, disse, na época.

Thammy Miranda

Thammy Miranda (Foto: Divulgação/ Instagram)

O filho de Gretchen foi alvo de comentários transfóbicos nas redes sociais no ano passado, após participar da campanha de Dia dos Pais. Um ano depois, ele, que é pai de Bento, de 1 ano e 6 meses, e marido de Andressa Ferreira, foi alvo de novos ataques após a homenagem feita pela modelo no Instagram.

Em defesa, ela se manifestou sobre o episódio com o ator e político. “Pra mim, pai é quem dá educação, amor e ajuda a construir com exemplo um ser humano de caráter, e não quem abandona, não sabe que você existe, não sabe o que está acontecendo na sua nem paga pensão”, afirmou Andressa, na ocasião.

VEJA MAIS: 5 mulheres que já denunciaram famosos por agressão

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio