Veja quais famosos foram “cancelados” em 2020

Nomes como o de Anitta, Rafa Kalimann e Arthur Aguiar estão na lista.

Publicado há uma hora
Por Luan Henrique
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O termo “cancelado” ganhou um novo significado nas redes sociais. Hoje, qualquer deslize, palavra ou atitude considerada como ‘errada’, é motivo de cancelamento, ou seja, um boicote a essa determinada pessoa.

Isso costuma ser aplicado, principalmente, a figuras públicas, que tem uma reputação e imagem a zelar perante seus seguidores.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Durante o ano de 2020 muitos famosos passaram por essa situação. O Observatório dos Famosos preparou uma lista com alguns dos principais ‘cancelados’ deste ano. Confira:

Anitta

Não é de hoje que a cantora é cancelada pelos internautas. Desde que se tornou famosa, a artista já se envolveu em inúmeras polêmicas. Em 2020, as que mais chamaram atenção foram os áudios vazados onde ela fala mal de algumas ‘amigas’ e também a treta com Ludmilla, devido aos direitos autorais da música ‘Onda Diferente’.

Anitta (Foto: Reprodução/Instagram)

J.K. Rowling

A autora de Harry Potter foi cancelada após dar declarações consideradas transfóbicas sobre um artigo. Em seguida, a escritora fez questão de destacar sua visão sobre gênero, que não aceita mulheres trans como “verdadeiras mulheres”. Esse comentário acabou se desdobrando em uma série de declarações da escritora, que foi rebatida pelos atores da saga Harry Potter e desautorizada até mesmo por Stephen King.

J.K. Rowling (Foto: Reprodução/Instagram)

Arthur Aguiar

O ator entrou para a lista dos cancelados após sua ex-esposa Mayra Cardi alegar que ele havia traído ela diversas vezes e que durante seu casamento, viveu um relacionamento abusivo com o rapaz. Na internet, o rapaz foi duramente criticado por suas atitudes.

Arthur Aguiar (Foto: Reprodução/Instagram)

Gabriela Pugliesi

A influenciadora fitness não só foi cancelada, como perdeu inúmeros seguidores em suas redes sociais e também contratos publicitários. Isso aconteceu após ela dar uma festa em sua casa, em plena pandemia. Pugliesi chegou inclusive, a desativar seu Instagram para ‘frear’ os unfollows.

Gabriela Pugliesi (Foto: Reprodução/Instagram)

Thaila Ayala

A atriz Thaila Ayala também marcou presença na lista dos cancelados. Tudo porque, a atriz criou uma marca de roupas inspirada pelo coronavírus, intitulada “Virus 2020”. Nas redes sociais, Thaila recebeu inúmeras críticas. Diante da repercussão negativa, a atriz se desculpou e trocou o nome da grife.

Thaila Ayala (Foto: Reprodução/Instagram)

MC Kevin

O funkeiro foi “cancelado” não só pelos seguidores, mas também por seus vizinhos. O MC foi diagnosticado com covid-19 e furou o isolamento social, colocando os moradores do condomínio onde ele mora em risco. O caso foi parar na delegacia e os vizinhos fizeram um boletim de ocorrência contra Kevin.

MC Kevin (Foto: Reprodução/Instagram)

Gusttavo Lima

O cantor sertanejo também se envolveu em diversas polêmicas em 2020. No entanto, as que trouxeram uma ‘medalha de cancelamento’ para ele foram o fato dele ter publicado uma foto segurando uma galinha morta na mão e por ter furado a quarentena para pescar com Leonardo. Alguns internautas cancelaram o artista também por ele ter se separado de Andressa Suíta.

Gusttavo Lima (Foto: Reprodução/Instagram)

MC Livinho

O cantor também entrou para a lista de cancelados em 2020. Isso aconteceu após a dançarina Raielli Leon acusar o MC de assédio e racismo durante a gravação de um clipe. Segundo ela, Livinho a tratou mal no set de gravações, tentou “sarrar” em uma das cenas e fez piadas sobre o seu cabelo afro. O funkeiro negou que tenha ameaçado a jovem e disse que no mesmo dia pediu desculpas, reconhecendo o próprio erro.

MC Livinho (Foto: Reprodução/Instagram)

Evan Peters

Conhecido por atuar em diversas temporadas da série American Horror Story o ator foi cancelado após compartilhar um vídeo de um policial agredindo um manifestante nos EUA com uma legenda que demonstrava apoio aos oficiais. Depois da repercussão negativa, Evan apagou o post, se desculpou e disse que foi um mal-entendido.

Evan Peters (Foto: Reprodução/Instagram)

Emma Watson

Nem mesmo a eterna ‘Hermione Granger’ de Harry Potter, escapou do cancelamento. Ela foi cancelada durante o “Blackout Tuesday”. Na ocasião, a atriz aderiu ao movimento e postou uma imagem preta em seu Instagram, porém, usou uma borda branca na foto para manter a estética e a organização do perfil. Os internautas não perdoaram a edição feita por Emma e ela acabou recebendo muitas críticas.

Emma Watson (Foto: Reprodução/Instagram)

Alessandra Negrini

A atriz se envolveu em uma polêmica após se fantasiar de ‘índia’ no Carnaval de 2020. Nas redes sociais, Alessandra foi criticada por muita gente que a acusou de apropriação cultural. Em defesa, ela se explicou: “A luta indígena é de todos nós e por isso eu tive a ousadia de me vestir assim”.

Alessandra Negrini (Foto: Reprodução/Instagram)

Drauzio Varella

O médico também acabou sendo cancelado por alguns internautas em 2020. Isso porque ele abraçou e demonstrou empatia a uma trans presa por estuprar e assassinar uma criança. Na ocasião, Drauzio disse que quando fez isso, não tinha conhecimento dos crimes da detenta.

Drauzio Varella (Foto: Reprodução/Instagram)

Larissa Manoela

A atriz também entrou para o ‘bonde dos cancelados’ em 2020. Na ocasião ela foi ela foi acusada por internautas de ter devolvido uma de seus pets, adotada no Instituto Luísa Mell, por ser vira-lata. No entanto, Larissa se defendeu dizendo que não devolveu, ela apenas optou por deixar a cadelinha com sua stylist, pois o animal não acostumou em sua casa.

Larissa Manoela (Foto: Reprodução/Instagram)

Rafa Kalimann

2020 foi um ótimo ano para a influenciadora que viu sua fama crescer ainda mais após participar do BBB20. No entanto, Rafa Kalimann também foi vítima do cancelamento na internet. Na ocasião ela compartilhou um vídeo em seu perfil no TikTok dublando o áudio da influenciadora Mari Ferrer, que acabou gerando revolta após a absolvição do homem acusado de estuprar a blogueira. Muitos internautas criticaram Rafa, afirmando que ela estaria sendo insensível ao compartilhar uma cena de tortura psicológica.

Rafa Kalimann (Foto: Reprodução/Instagram)

Marília Mendonça

Durante uma de suas lives, a cantora sertaneja fez uma piada considerada transfóbica. Na ocasião, ela ‘brincou’ dizendo que um de seus músicos teria ido a uma antiga boate LGBTQIA+, em Goiânia. E, sendo assim, o rapaz poderia ter se envolvido com uma transexual. Após ser muito criticada na web, Marília Mendonça usou suas redes sociais para se desculpar.

Marília Mendonça (Foto: Reprodução/Instagram)

Letícia Spiller

A atriz foi cancelada após dizer em uma entrevista que Marcius Melhem, ex-diretor de humor da Globo, acusado de assédio, virou “mártir da situação” e que o conhecia como uma pessoa “querida e de bom coração”. Após ser duramente criticada nas redes sociais, ela resolveu se explicar e pedir desculpas publicamente.

Letícia Spiller (Foto: Reprodução/Instagram)

Mel Maia

A jovem atriz também se envolveu em algumas polêmicas em 2020. O cancelamento ocorreu por dois motivos. O primeiro quando ela chamou a modelo trans Victória Collen de ‘traveco’ e o segundo quando ela postou um vídeo associando o assédio sexual a roupa da mulher.

Mel Maia (Foto: Reprodução/Instagram)

Carlinhos Maia

Esta não é a primeira vez que o humorista é cancelado na web. No entanto, o motivo deste ano deixou os internautas bastante revoltados. Assim como Gabriela Pugliesi, Carlinhos Maia também deu uma festa em plena pandemia, com diversos outros influenciadores e celebridades sem máscaras e demais medidas de proteção recomendadas.

Carlinhos Maia (Foto: Reprodução/Instagram)
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio