Xuxa lembra vez em que pediu para Ayrton Senna usar capacete em momento íntimo

Apresentadora relembrou momentos de intimidade com o piloto

Publicado em 08/04/2022 16:28
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Xuxa Meneghel fez uma participação pra lá de especial no podcast ‘Papagaio Falante’, de seu amigo Sérgio Mallandro, nesta semana. Durante o bate-papo descontraído, a eterna Rainha dos Baixinhos relembrou seu namoro com Ayrton Senna (1960-1994) e revelou uma situação inusitada envolvendo um momento íntimo do casal. Os dois ficaram juntos entre 1988 e 1989.

Na ocasião, a apresentadora recordou a vez em que pediu para o piloto, a quem ela chama carinhosamente de Beco, usar capacete na hora do sexo. Segundo ela, a proposta veio após Senna demonstrar que gostaria de vê-la fantasiada com as roupas que ela usava em seus programas.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Quando me relacionei com o Beco, contei como uma coisa engraçada. Só que na hora que a gente foi ficar junto, ele começou a puxar meu cabelo, como se fosse uma ‘chuca’, para cima. Eu falei para ele: ‘você quer ficar com a Xuxa da televisão, com chuquinha, com bota. Não tem problema. Eu boto a bota, a chuquinha, e você bota o capacete?’. Foi para pagar com a mesma moeda. Na hora que ele foi, eu fiz ‘tananam, tananam’ [cantando o ‘Tema da Vitória’]”, lembrou Xuxa.

Relação de Xuxa e Ayrton Senna

Em outro momento da entrevista, Xuxa comentou como era sua relação com Ayrton Senna. “Eu tinha uma coisa com o Beco que ninguém vai entender. Eu falava que eu pensava nele, e ele ligava para mim. A gente tinha uma coisa bem diferente”, afirmou. “O sonho dele era que o carro de Fórmula 1 tivesse o outro lugar [ao lado do piloto], porque ele dizia que queria muito dividir isso comigo. Ele me passava com detalhes tudo o que vivia ali. Ele me ligava dizendo: ‘rodei, capotei, adorei’. Quanto mais adrenalina, melhor. Ele precisava disso”, relembrou a loira.

Na sequência, Xuxa comentou sobre o quanto eles eram parecidos. “As pessoas falam muito de alma gêmea e tal. Não sei se isso existe. Se ele fosse mulher, ele falava que gostaria muito de trabalhar com criança. E eu sempre falei para ele que gostava de carro. Eu sempre tive um pé pesado. Eu sempre quis correr. Se ele fosse mulher, ele dizia que gostaria de ter o meu trabalho. E eu, o dele. Então, a gente meio que se completava. Ele era ariano, e eu, também. A gente era muito parecido com gostos de cores e tudo. E também era ruim, porque, quando a gente brigava, eu, cabeça dura, esperava, e ele me esperava”, relatou a apresentadora.

Por fim, Xuxa explicou que, foi justamente seu namoro com Ayrton Senna que a preparou para o relacionamento atual. “Eu pisei muito na bola com ele. Na realidade, foi tudo uma preparação para hoje eu ter o Junno e não errar de novo. Se eu tivesse o Junno com 20 anos, como foi com o Beco, eu não teria dado valor”, confessou ela.

VEJA MAIS: Xuxa fala sobre primeira ‘ficada’ com Ayrton Senna

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio