Brasileiro Bruno Whays Neto transforma o Tatoo Heroes no maior estúdio de tatuagens do Reino Unido

Atualmente a Tattoo Heroes conta com um time com mais de vinte tatuadores de várias nacionalidades

Publicado em 08/12/2021 13:48
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Enquanto muitas das pessoas da sua idade nem sonhavam com responsabilidades da vida futura, Bruno Whays Neto, aos 21 anos, deixava a pacata Ijuí, cidade do interior do Rio Grande do Sul, com destino a Londres, a capital mais cosmopolita e descolada do mundo. E como todo imigrante, em busca de uma existência melhor, precisava desenhar sua trajetória de luta e sacrifícios pela conquista do sonho de vida.

Assim que desembarcou arrumou um trabalho para pagar as despesas e se manter, primeiro mandamento que o imigrante precisa seguir quando chega a um país estrangeiro. Conseguiu um emprego como bartender, em um pub tradicional, localizado em Charing Cross, com o intuito de aperfeiçoar seu domínio da língua inglesa, segundo mandamento do imigrante.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O dinheiro que recebia pelo trabalho no pub era tão reduzido que sua refeição básica consistia em pizza e suco de laranja, valor correspondente a duas libras do seu orçamento. Para conseguir dinheiro extra e aperfeiçoar sua técnica em tatuagens tatuava colegas de trabalho e amigos na sua residência.

O talento como tatuador foi então reconhecido quando recebeu um convite de um empresário para ser o artista principal em um estúdio em Leyton, zona leste da capital, na época, uma típica região da periferia londrina, onde gangs dividiam espaços marcando a região com índices elevados de violência para os padrões locais.

“Era um estúdio modesto, além de atuar como tatuador, eu era também responsável pela gestão dos negócios, recepcionar os clientes e vender meu próprio trabalho a um público multiétnico e oriundo de diversas culturas e costumes”, conta Bruno. A convivência com toda essa diversidade, o acúmulo de responsabilidades, a imperiosidade de sobreviver e crescer profissionalmente em uma metrópole extremamente cara e exigente, foram responsáveis em germinar na cabeça do jovem brasileiro a semente de um espírito empreendedor que, ao lado do talento criativo, impulsionaria uma trajetória ousada e corajosa que se tornaram sua marca registrada e seu grande diferencial, seja vendendo seu trabalho ou difundindo sua veia artística.

Outro ponto que destacava o trabalho de Bruno, em meio àquela torre de Babel dos tempos atuais, característica do bairro de Leyton naqueles tempos, era que apesar da nacionalidade ou dos diferentes traços culturais e linguísticos das pessoas, ele nunca perdia clientes, pois com poucas palavras e uma sensibilidade inata, conseguia intuir o tipo de tatuagem que agradaria cada pessoa, e por incrível que pareça, conseguia até mesmo avaliar quanto cada cliente poderia pagar pelo trabalho.

Após quatro anos trabalhando duro na loja, com uma folga semanal e economizando o máximo que podia, conseguiu comprar o estabelecimento. “A decisão de ser dono do próprio estúdio se mostrou acertada desde o início, pois com meu estilo de tatuar, profissionalismo e tenacidade, foi possível diminuir significativamente a concorrência ao redor e praticamente dominei o mercado de tatuagens local”, completa o tatuador.

No Brasil dizem que todo bom empreendedor precisa de instinto e uma boa pitada de sorte. O instinto já nasceu com ele e a sorte caiu em seu colo quando a região onde estava localizado seu estúdio foi escolhida como sede do “Projeto Olímpico Londres 2012”. A área se transformou em objeto de um enorme esforço de desenvolvimento e aporte de incentivos nos setores de construção e infraestrutura, tornando quase que de imediato, em um dos metros quadrados mais caros e cobiçados do mundo, haja vista a expectativa dos benefícios prometidos pelos legados dos jogos.

Essa nova injeção de ânimo fez com que o governo de Sua Majestade, a Rainha Elizabeth II, entrasse de cabeça na transformação da área, e esse espírito reformador, proporcionou o financiamento com recursos e até mesmo a Tattoo Heroes acabou ganhando uma nova fachada. O frenesi de reformas e crescimento incentivaram a expansão do espaço físico da loja. Bruno adquiriu o piso superior e o espaço localizado nos fundos. O pontapé inicial, proporcionado pelas olimpíadas, continua até os dias de hoje, pois foi criado um projeto de construção para duplicar o tamanho da loja que vai se transformar em uma das maiores lojas do reino unido.

Atualmente a Tattoo Heroes conta com um time com mais de vinte tatuadores de várias nacionalidades especializados em diversos estilos, piercings, além de excelentes profissionais de marketing e gestão. Ao longo desses quatorze anos de trabalho árduo na Tattoo Heroes, Bruno Wayhs Neto desenvolveu exponencialmente sua veia empreendedorística, dando sequência ao crescimento e consolidação da sua marca ao abrir uma filial em frente da estação do metrô de Southgate, zona nobre localizada ao norte de Londres.

Reconhecido internacionalmente como um dos melhores tatuadores do mundo, fundador e proprietário da Tattoo Heroes, por onde já passaram celebridades como Reece James, jogador do Chelsea e do English Team, e rappers consagrados como Headie One e Jay Hus, entre outros famosos que ajudaram consolidar a fama do celebrado estúdio londrino. Bruno fez participações especiais em programas como Tattoo Disasters, exibido pelo Channel 5, da Inglaterra.

Para acompanhar mais sobre seu trabalho e procedimentos profissionais seu Instagram é https://instagram.com/brunowayhs

Conteúdo produzido por Seja Mais Digital e enviado por Joyce Silva.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio