O que é preciso para ser perito grafotécnico por Evandro Correia

A profissão de perito grafotécnico, que é aquele profissional que descobre a falsidade ou autenticidade de uma escrita (uma assinatura por exemplo), está mesmo em alta

Publicado em 05/02/2021 22:43
Publicidade

Se está em busca de uma profissão em alta no momento, que tenha muita oportunidade de trabalho, excelentes rendimentos e que possa ser exercida simultaneamente com outra atividade então a de perito grafotécnico é, sem dúvida, a melhor opção.

A profissão de perito grafotécnico, que é aquele profissional que descobre a falsidade ou autenticidade de uma escrita (uma assinatura por exemplo), está mesmo em alta, pois são inúmeros os casos de falsificação de assinaturas no Brasil.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Este profissional está muito ligado ao judiciário e sua atuação é, principalmente, dando auxílio a juízes e advogados nestas questões que envolvem falsificação de lançamentos caligráficos (escrita). Ao juiz o profissional presta serviço como perito judicial grafotécnico, sendo nomeado para auxiliar em um determinado processo, na fase de produção de prova e, concluído o trabalho, é automaticamente desligado. Seu ganho, chamado de honorários periciais, é por trabalho e custeado pelas partes envolvidas no litígio.

Já a atuação para advogados em um processo judicial é feita mediante contrato firmado diretamente com a parte e sua designação é de assistente técnico. Neste caso, como assistente técnico, o perito grafotécnico tem a incumbência de acompanhar o trabalho do perito judicial (perito do juiz), formular quesitos (que são perguntas técnicas formuladas para o perito judicial responder), acompanhar a coleta de padrões e emitir seu parecer técnico ao final do trabalho.

Como é o trabalho do Perito Grafotécnico ?

O trabalho do perito grafotécnico consiste em aplicar os exames grafotécnicos no documento sob suspeita e em documentos com escrita autentica da pessoa investigada e confrontar os resultados destes exames. Se a maioria dos resultados forem convergentes significa que o documento sob suspeita foi produzido pela pessoa investigada, ou seja, a escrita é autentica. Do contrário, ou seja, o resultado dos exames grafotécnicos forem divergentes indica que o documento suspeito não foi produzido pelo punho da pessoa investigada.

Mas o que são os exames grafotécnicos ?

Os exames grafotécnicos são exames minuciosos feitos pelo perito com auxílio de lupas, negatoscópio e microscópios na escrita sob investigação. Dentre eles podem ser citados: ataque, remate, valores angulares e curvilíneos, pressão, progressão, inclinação axial, etc.

O perito deve realizar estes exames tanto na peça questionada (documento sob suspeita) quanto nos padrões de confronto, que são os documentos com escrita autentica da pessoa sob investigação.

O que é padrão de confronto ?

Padrão de confronto são documentos com escrita autentica da pessoa que está sendo investigada. Os padrões de confronto devem obedecer a 4 princípios: adequabilidade, quantidade, contemporaneidade e autenticidade.

O princípio da quantidade estabelece que os padrões de confronto devem ser numerosos, já o principio da adequabilidade estabelece que os padrões devem ser adequados, ou seja, produzidos nas mesmas condições da peça questionada (documento que está sendo periciado).

O princípio da autenticidade estabelece que os padrões devam ser autênticos, ou seja, o perito deve ter a certeza de que foram produzidos pela pessoa investigada.

Por último o Princípio da Contemporaneidade estabelece que os padrões devem ser contemporâneos, ou seja, produzidos no mesmo período da peça questionada; costumou-se fixar o período de dois anos, como espaço de tempo caracterizador da contemporaneidade gráfica: dois anteriores e dois posteriores.

Quanto ganha um Perito Grafotécnico?

Como já exposto no início do artigo a profissão de perito grafotécnico rende excelentes ganhos ao profissional. No entanto é importante frisar que, por ser um auxiliar da justiça, a profissão não é exercida de acordo com a CLT; o perito grafotécnico é um autônomo e seu ganho é por trabalho executado.

Mesmo sendo uma profissão sem um mensal fixo, ela é de longe uma das melhores profissões da atualidade, pois seus ganhos podem ser de R$ 20.000 mensais ou mais. Entenda: em média a perícia em uma assinatura custa R$ 2.500,00 na esfera extra-judicial e R$ 4.000,00 na esfera judicial.

Um perito, então, que faça 2 perícias extra-judiciais (aquela em que ele ganha menos!) por semana, consegue facilmente rendimentos de R$ 20.000,00 mensais. Excelente rendimento para uma profissão que é facílima de se formar, como vamos ver mais adiante.

Quem pode se tornar um perito grafotécnico ?

Aposto que depois de ler o quanto ganha um perito grafotécnico ficou interessadíssimo(s) em saber quem pode ser um profissional deste, não é ? Pois bem, vamos acabar de vez com o suspense: qualquer pessoa pode se tonar um Perito Grafotécnico.

Diferentemente de outras áreas da perícia em que é exigido ter um curso superior na área de atuação como, por exemplo na perícia médica em que é exigido do candidato ser formado em medicina e na perícia contábil em que exige-se ser formado em ciências contábeis, isso não acontece na perícia grafotécnica. Isto porque não existe curso de ´graduação em perícia grafotécnica e, portanto não há como se exigir tal formação.

Para se tornar um perito grafotécnico o profissional precisa apenas dominar os conhecimentos na área e, para isso, basta fazer um curso livre de perícia grafotécnica.

Onde fazer o curso de perito grafotécnico ?

O curso de perito grafotécnico é oferecido pela Nero perícias, escritório de perícias de renome com escritório em São José do Rio Preto e São Paulo. O professor que ministra o curso é o Evandro Correia Silva, perito grafotécnico e em avaliação de imóveis consagrado que atua há anos no mercado.

O curso pode ser feito tanto na modalidade presencial como online (à distância), através do seu computador, tablet ou celular.

Para saber mais sobre o curso, acesse https://neropericias.com.br ou ligue para (11) 2829-8767 ou ainda envie uma mensagem pelo WhatsApp (11) 93140-1000.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio