Bruna Lombardi
Bruna Lombardi (Foto: Divulgação)

A atriz Bruna Lombardi resolveu desabafar nas redes, após prisão do médium João de Deus, que foi acusado de ter abusado sexualmente mais de 300 mulheres.

Leia mais: Bruna Lombardi surge pleníssima de lingerie pra lá de transparente

Ela começou o texto, no Instagram, avisando que há alguns meses foi conhecer o acusado, e que ficou chocada com as revelações. “Visitei Abadiânia pela primeira vez e fui conhecer o médium João de Deus em julho desse ano. Fui com minha família e passamos dois dias. Fomos apenas por curiosidade, ninguém precisava de cura e nem buscava apoio espiritual. E todos, inclusive ele, foram extraordinariamente gentis conosco”, disse. “Alguns meses depois o choque. As notícias, os relatos, as histórias de todas essas mulheres que tiveram a coragem, depois de tanta dor, de denunciar o abuso. E dói pensar que foi preciso quinhentas mulheres pra calar a voz de um homem”, lamentou.


“Quantas vidas massacradas ainda vão se calar diante de uma sociedade que absolve feminicídios? Que admite e compactua com a violência doméstica? Que nem registra abusos entre marido e mulher?”, complementou. A famosa ainda falou que 2018 foi um ano transformador. “Acenderam-se os porões e a brutalidade da natureza humana deixou marcas e perdas irreparáveis. Todos perdemos um pouco. Fé, confiança, esperança. Perdemos pessoas que lutavam, perdemos heróis anônimos”, disparou.

Veja também: Aos 66 anos! Bruna Lombardi sensualiza em foto deitada no chão

Ela finalizou o post mostrando apoio às vítimas. “Estamos juntas, somos solidárias, ninguém está sozinha. A gente consegue sim transformar a situação. A voz de uma é a voz de todas”, concluiu.

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Uma publicação compartilhada por Bruna Lombardi (@brunalombardioficial) em