Cris Vianna
Cris Vianna (Foto: Reprodução/Instagram)

Cris Viana foi às redes sociais para manifestar sua revolta após a amiga, Cacau Protásio, ter sodo alvo de ataques racistas e gordofobicos por Bombeiros do Rio de Janeiro. 

Cacau gravou uma cena do filme Juntos e Enrolados, no Quartel-Central do Corpo de Bombeiros, no centro da cidade, com a farda da corporação. Um dos sargentos gravou um vídeo da artista e a ofendeu. 

Cris enviou mensagem de apoio da atriz do Vai Que Cola. “Amiga e grande atriz @cacauprotasiooficial eu te respeito e admiro seu trabalho. Siga em frente sempre”, disse ela primeiramente, logo depois seguiu com um texto emponderado publicado pelo perfil Potências Negras. 

“Os corpos negros e gordos sempre estiveram a serviço da chacota e do desprezo da sociedade, mas mesmo contrariando o olhar padronizador e hegemônico, eles existem, resistem e inspiram milhares de mulheres. Nenhuma mulher deveria passar pelo tipo de violência que Cacau Protásio @cacauprotasiooficial passou. Nenhuma mulher deveria ter seu corpo utilizado como instrumento de propagação do racismo, sexisimo e da gordofobia.
Todas as mulheres merecem trabalhar num lugar saudável e seguro. Todas as mulheres merecem respeito e dignidade no exercício de sua função. Todas as mulheres merecem ter sua integridade preservada. A gordofobia é abominável e Racismo é crime!”, falou.