Adriana Bombom fala sobre racismo que sofreu na infância: “Não queriam sentar do meu lado”

Publicado há um ano
Por Karla Sthéfany Lima
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A ex-Fazenda Adriana Bombom foi entrevistada por Xuxa Meneghel, que agora que tem um canal no Instagram. A famosa falou, durante o bate-papo, que sofreu racismo e bullying na infância.

“Na escola, principalmente, por causa do meu cabelo. Tudo era o meu black, que era muito grande. Nunca quis ter cabelo liso. Lá no orfanato onde eu morava, as meninas tinham cabelos lisos”, relembrou.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Então, elas jogavam os cabelos na hora da dança, e eu falava: porque o meu não estava jogando? E elas implicavam porque o meu cabelo ficava sempre atrás das coreografias”, completou. “As pessoas não queriam sentar do lado. Na hora do recreio, eu ficava muito sozinha, quando eu chegava, elas saiam… O tempo todo era sempre eu sozinha ou eu colava em outra negra igual a mim”, falou ainda Adriana.

Em tempo, a famosa fez uma declaração romântica para o namorado, nas redes. “Hoje, como todos os outros dias é o nosso Dia dos Namorados, pois já são 4 anos de muito romance, diversão, amizade, parceria e sinceridade. E o melhor disso tudo: reciprocidade! Te amo!”, disse, na ocasião.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio