Danilo Gentili polemiza ao citar Hitler para se defender de acusações

Publicado há 2 anos
Por Matheus Henrique Menezes
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Assim como já abordamos por algumas vezes, Danilo Gentili foi condenado há 6 meses e 28 dias de detenção. Isso se deve à acusação de injúria, até então julgada procedente, feita pela deputada petista Maria do Rosário. Famosos defenderam e criticaram o acusado, que por sua vez, falou mais abertamente sobre o assunto.

O apresentador do The Noite, programa diário do SBT, foi entrevistada pelo canal de Leda Nagle do YouTube. Primeiramente, Danilo julgou sua condenação como ‘engraçada’: “Eu sou comediante, então achei engraçado [ser condenado]. É muito absurdo. Quando as coisas ficam incoerentes, minha cabeça é treinada a achar graça. Porque é um raciocínio de comediante estar procurando sempre a incoerência, o absurdo, o exagero, e como essa decisão foi tudo isso, eu fiz piada”.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em seguida, complementou alfinetando alguns internautas: “Tem pessoas que se escondiam atrás da defesa da liberdade de expressão, que agora estão comemorando a prisão de um comediante. É bom porque muitas máscaras caem”. O que polemizou, foi a seguinte frase, dita por Danilo Gentili: “Nem Hitler foi acusado de tanta coisa. Hitler era nazista, machista não. Isso eu sou. Tenho mais acusação que o Hitler”.

Repercussão

https://twitter.com/marioflanders/status/1117955866366496768
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio