(Foto: Reprodução/Instagram)

A cantora gospel, Isadora Pompeo passou a ser alvo de críticas nesta semana, depois de uma foto onde ela, que é branca, aparece com o tom da pele mais escuro. No perfil do Instagram da famosa – que foi privado após a polêmica – a famosa aparece de tranças e foi acusada também de apropriação cultural.

A artista foi criticada e acusada de blackfishing, ou seja, quando alguma pessoa branca tenta usar, apropriar da estética negra. Principalmente no Twitter, os internautas repercutiram o assunto.

LEIA MAIS: Simone sobre o vício de Kaká Diniz em videogame: “Perdi meu marido”


“Gente, pelo amor de Jah, a Isadora Pompeo fazendo blackface em pleno #BlackLivesMetter e vocês tão achando ok???? Calem a boca e vão escutar o que o povo preto fala sobre isso Nada contra essa guria, mas ela errou feio, ERROU! Tem que apagar e pedir desculpa, the end”, chegou a escrever uma internauta.

Depois da repercussão, Isadora se manifestou nas redes sociais. “Eu errei, mas nunca vou deixar de aprender por orgulho. A quem eu ofendi, me perdoe. A quem me entendeu, obrigada. A quem tá com raiva de mim, eu entendo. A quem eu desrespeitei, jamais foi minha intenção (…). Sobre minha cor, eu sou o que eu sou. Não sou negra, nem quero me passar por uma. Não sou ignorante, posso ter agido com irresponsabilidade”, disse a cantora.