Não é o que se diz, é como se diz, Marco Pigossi

Publicado há 4 meses
Por Solange Gomes
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O ator Marco Pigossi entrou no olho do furacão na última semana. Ao participar de uma live para o Instagram do canal GNT com o ator e apresentador João Vicente Castro, ele fez um comentário nada agradável sobre a novela “Fina Estampa”, exibida originalmente em 2011 e sendo reprisada atualmente no horário das 21:00 hrs, na TV Globo.

Na trama escrita pelo autor Aguinaldo Silva, Pigossi interpretou o personagem Rafael e considerou a reexibição da telenovela como uma loucura. “Essa novela tinha que ser proibida de ser reprisada. Era tanta barbaridade! É uma loucura passar essa novela na TV. É interessante ver como 2011 ainda era uma época que as pessoas poderiam se dar ao direito de não ligar para política, mas passar uma novela dessas hoje é uma loucura”, disparou.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

E continuou: “Eu tenho vergonha de algumas coisas que são faladas na novela, de como são tratadas, tenho vergonha da minha atuação, das minhas mechas loiras… mas faz parte”.

Aguinaldo Silva não tolerou e desabafou nas redes sociais. No Twitter, o autor fez uma relação entre a exibição de Fina Estampa e os tempos da ditadura.

“Um ator diz que ‘Fina Estampa devia ser proibida de ser reprisada’. Acho que ele quis dizer que os 50 milhões de espectadores que a veem deviam ser proibidos de gostar tanto da reprise da novela. E eu, que vivi os tempos da censura, achando que finalmente era proibido proibir”, escreveu, sem mencionar o nome de Pigossi.

Aguinaldo Silva foi além e acrescentou: “Aliás, deixem que lhes diga uma coisa: quando um artista que se considera libertário diz que o trabalho de mais de 150 pessoas que vivem das artes como ele devia ser proibido. Bem, alguma coisa está errada”, alfinetou.

Fazendo uma rápida análise na atitude do ator, eu chego a uma conclusão: não é o que se diz, é como se diz. Poderia até ter sido um trabalho no qual ele não se orgulhasse de ter feito, mas não precisava tanta rispidez nas palavras. Uma indelicadeza ao autor, aos colegas e também à emissora que tanto lhe projetou profissionalmente.

Todos nós sabemos que Aguinaldo Silva não teve seu contrato renovado com a TV Globo em janeiro desse ano. Uma pergunta: Se Aguinaldo ainda fizesse parte do time de autores da emissora, o ator manteria esse mesmo discurso?

Me siga no Instagram @gomessolange! Entre em contato comigo através do e-mail Colunasolangegomes@gmail.com

O conteúdo publicado nesta coluna é de inteira responsabilidade do colunista e não reflete necessariamente a opinião do Observatório dos Famosos, que também não responde por quaisquer atos ou consequências que decorrerem das publicações.

VEJA MAIS: Marco Pigossi posa sem camisa e abdômen trincado deixa fãs babando

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio