João Zoli
João Zoli (Foto: Reprodução/ Instagram)

João Zoli marcou presença em um camarote VIP na Marquês de Sapucaí, no Rio de Janeiro, nesta segunda-feira (24) e conversou com o Observatório dos Famosos, sobre a folia, antigos amores e vida pessoal.

O ex-participante de A Fazenda disse que curtiu bloquinhos de rua pela primeira vez e presenciou inúmeros casos de assédio contra as mulheres durante a festa.

“Eu nunca fui muito fã de Carnaval, antigamente quando chegava a época eu fugia pra São Paulo e ficava na casa do meu pai, só que esse ano estou fazendo bastante coisa e achando divertido. Não conhecia bloco de rua, fui aqui no Rio e também estou nos camarotes. É uma festa bonita, é um marco muito importante no país. Acho que temos que aproveitar o Carnaval para alertar, sempre consciência. Nos blocos de rua ainda falta muito na galera em relação a respeitar uma mulher, acho que ainda tem que se alertar nisso, tem que ter educação”, disse.


“Eu vi gente tentar puxar braço, tentar agarrar. Fico nervoso, vontade de reagir pela mulher. As pessoas precisam entender que não é assim que funciona, tem que respeitar o próximo independente de homem, mulher, gay. A galera tem que ter mais consciência em relação a tudo”, opinou o ex-namorado de Gabi Prado.

Com o fim de Carnaval batendo na porta, o ano novo oficialmente começou. Zoli contou com exclusividade ao Observatório dos Famosos que está focado na carreira musical. “Eu estou com um projeto autoral com o meu irmão que se chama ‘Zoli’, estamos gravando 15 músicas. Tá muito legal, tudo muito bacana”, garante.

Questionado sobre vida amorosa, João falou sobre o fim do namoro com Gabi Prado. “Terminar nunca é fácil, mas respeito a Gabriele, acho ela incrível”, limitou-se ele, que revelou que vai morar sozinho no Rio. “Eu vou morar sozinho agora, depois do namoro com Gabi me mudei pra casa da minha mãe, mas depois de um tempo vi que precisava disso agora. Estou ansioso pra ver como vai ser”.