Demi Lovato completa nova passagem por clinica de reabilitação, diz site

Lovato já está de volta em casa após tratamento

Publicado em 08/01/2022 21:55
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Demi Lovato completou discretamente outro programa de reabilitação no ano passado. Segundo informações do site PageSix, Lovato passou um período em um centro de tratamento em Utah, mas já está de volta em casa e “passando bem”.

Uma fonte disse à People que Lovato, de 29 anos, tem mantido sua sobriedade e saúde mental após sua overdose quase fatal em 2018.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Demi está comprometide com seu bem-estar e, ao longo da vida, planeja fazer check-ins regulares para se certificar de que está se colocando em primeiro lugar”, disse a fonte.

A informação vem à tona meses após Demi anunciar que decidiu abandonar qualquer tipo de droga num esforço para viver uma vida 100% sóbria. Lovato seguia o estilo de vida “sóbrio da Califórnia”, no qual fazia uso de quantidades moderadas de álcool e maconha.

Demi luta contra o uso de substâncias tóxicas desde muito jovem. Sua primeira passagem pela reabilitação foi em 2010. Anos depois, em 2018, Lovato teve três derrames e um ataque cardíaco após uma overdose de drogas.

Na véspera de Natal, Demi surgiu com a cabeça raspada nas redes sociais, mostrando seu novo visual, ao que se referiu como um “novo começo”.

(Foto: Reprodução/Instagram)

Demi Lovato faz doação pelo combate aos transtornos alimentares

Demi Lovato sempre está engajada nas causas sociais. Em especifico, com os problemas que ela(o) já teve em sua vida. Incluindo os transtornos alimentares – Anorexia Nervosa, Bulimia Nervosa e Transtorno da Compulsão Alimentar.

Com isso, Demi fez uma parceria com a Meta (empresa do Mark Zuckerberg para gerenciar redes sociais como Facebook e Instagram) e doou 25 mil dólares para a causa. Além disso, em seu perfil no Facebook, incentivou os fãs a também doarem.

Em homenagem ao #GivingTuesday, fiz uma parceria com a Meta, que doou 25 mil de dólares para a Alliance for Eating Disorder Awareness, que oferece grupos de apoio de recuperação gratuitos para pessoas que lutam com transtornos alimentares. Este é um problema muito pessoal para mim e algo no qual gostaria de causar um impacto. Se você também quiser se envolver, uma doação de US$ 10 permite que uma pessoa participe de um grupo de apoio gratuito da Alliance liderado com um terapeuta“, explicou ela.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio