Após enfrentar Covid, Marcos Mion desabafa: “Não foi fácil”

O apresentador do "Caldeirão" preferiu não "romantizar" a Covid-19 mesmo tendo sido vacinado

Publicado em 31/05/2022 20:36
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Marcos Mion, apresentador, usou a rede social nesta terça-feira (31) para desabafar. Em vídeo, Mion comentou sobre o terror dos sintomas da Covid-19 e exaltou o processo de vacinação.

“Não foi fácil”

“Não foi fácil. Os primeiros três dias foram um terror. Realmente fiquei muito destruído. Tinha muito medo de pegar essa doença”, comentou.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Mesmo com o desconforto, o apresentador não temeu a morte porque tomou três doses da vacina recomendadas pelo Ministério da Saúde. “Eu enfrentei com muita paz. A paz de saber que você não vai morrer, a paz de saber que você não vai perder para esse vírus”, explicou.

O apresentador aproveitou para alfinetar o “mundo feliz” que muitos influenciadores e artistas propagam nas redes sociais. Marcos Mion esclareceu que não poderia camuflar o seu real estado de saúde. “Eu tive uma sensação de ansiedade ao ver que eu não tava bem a ponto de postar feliz, vivendo minha vida normal, “só esperando o Covid passar” como vi tantos fazendo e fiquei com receio de passar adiante para outras pessoas essa sensação ruim. Fato é que eu poderia claramente fingir que tava ótimo e passar essa imagem, mas nossa relação de transparência aqui não aceita essas mentiras sociais. Então eu falo a real”, desabafou.

Marcos Mion tinha sido escolhido por Boninho para apresentar o especial Ivete 50 anos, em Juazeiro, mas como pegou covid foi substituído pelo ator e apresentador Érico Brás

LEIA MAIS: “Aqui não existe coisa errada”, desabafa Gusttavo Lima após polêmica dos cachês milionários em shows

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio