Casagrande culpa governo por confusão no clássico entre Brasil e Argentina

Comentarista da Globo detonou o Ministério da Saúde pela polêmica partida de domingo (5)

Publicado em 6/9/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Walter Casagrande rasgou o verbo após a confusão no jogo entre Brasil e Argentina neste domingo (5), onde os jogadores do time do exterior foram deportados após pedido da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária). O comentarista da Globo culpou o Governo Federal e o Ministério da Saúde pelo episódio polêmico.

“Tudo errado. Modificaram formulários e ninguém percebeu isso? Eram jogadores de futebol, não pessoas anônimas. Por que a Anvisa não invadiu o treino da Argentina, no sábado?”, iniciou o ex-jogador durante participação no Globo Esporte nesta segunda-feira (6).

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Isso é reflexo do péssimo combate à pandemia que teve o Governo Federal e o Ministério da Saúde”, continuou Casagrande, que recentemente detonou Neymar Jr. e comparou o jogador ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

“Se esses quatro jogadores fossem pessoas anônimas, onde eles estariam hoje, com esse calor? Nas lindas praias do Brasil, tomando uma caipirinha, uma cerveja, comendo um camarão e à noite vai pra balada. E ninguém ia falar nada. É uma vergonha mundial, igual o Galvão falou, mas em todos os seguimentos da sociedade”, finalizou o global.

VEJA MAIS: Renan Bolsonaro, filho de Jair Bolsonaro, tatua o rosto do pai no braço

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio