Erika Schneider, bailarina do Faustão, testa positivo para Covid-19: “Muita dor nos ossos”

A bailarina, atualmente, já se livrou dos graves sintomas e se encontra melhor

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Erika Scheider, bailarina do Faustão, testou positivo para Covid-19, mas felizmente já se encontra em estado melhor. Mas o que sofreu foi bastante tenso.

“Fui para casa, fiquei muito cansada mesmo e com muitas dores no corpo. Achei bem estranho. No dia seguinte, fui para o hospital, fiz exame e deu positivo. Aí, já comecei a tomar remédios e fiquei de quarentena em casa. Eu fiquei mal nos dois primeiros dias. Não tive febre, não perdi o paladar. Só senti muita dor no corpo , nos ossos e fiquei muito cansada”, disse ela.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em outra parte do depoimento, a bailarina revela que teve medo pelo seus pais de idade, algo que gerou muita angústia e dá um recado para que as pessoas levem a sério a doença.

CONFIRA: Faustão aparece magro no ‘Domingão’ após tratamento

“Eu fiquei com muito medo, pois é um vírus que a gente não conhece bem. Minha maior preocupação eram os meus pais. Meu pai já tem idade, está no grupo de risco. Então, eu não pude ficar perto deles. Isso me deixou muito triste e bem mal, mas a saúde deles é prioridade […]  O que eu gostaria de falar para as pessoas é para se cuidarem, seguir as recomendações das autoridades de saúde, pois é uma doença que a gente não sabe como vai reagir em cada organismo”, alertou ela.

LEIA MAIS: Perlla revela bumbum ‘melão’ em praia e arranca elogios

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio