Galvão Bueno compara fim de contrato na Globo com a morte

Narrador deixará a emissora após a transmissão da Copa do Mundo, em dezembro

Publicado em 26/04/2022 12:56
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Galvão Bueno, narrador, abriu o coração sobre sua saída da Globo, onde terá seu contrato encerrado no final deste ano, após a transmissão da Copa do Mundo do Qatar. Durante o programa Bem Amigos, do SporTV, nesta segunda-feira (25), ele comparou o fim das atividades na emissora como uma “primeira morte”.

Na ocasião, o apresentador relembrou a fase de Paulo Roberto Falcão, que dizia que o jogador de futebol morre duas vezes: quando encerra a carreira, e quando, de fato, perde a vida. “Eu dizia: ‘é um pouco de exagero, Paulo, é assim pra todo mundo que faz aquilo que ama’”, iniciou ele.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“A partir do momento que eu decidi, junto com a Globo, que não haverá renovação de contrato ao final desse ano e que minha última transmissão, depois de 41 anos, será no dia 18 de dezembro, na final da Copa do Mundo, eu tô entendendo o que o Falcão falou sempre. Vai ser uma primeira morte, espero que a outra demore um pouquinho — até porque estou virando uma página de um livro e não fechando o livro”, disse Galvão Bueno.

A Copa do Mundo deste no será o último grandioso evento narrado por Galvão Bueno na Globo, após 41 anos de atividades. A confirmação foi feita pelo próprio em suas redes sociais no último mês de março, posteriormente confirmado pela Platinada.

VEJA MAIS: Cacá Bueno revela que já foi agredido por ser filho de Galvão Bueno

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio